O melhor software jurídico para escritórios de advocacia e advogados autonomos

8 dicas para escolher o melhor software jurídico

ProJuris Dia a Dia, Dicas, Downloads, Empreendedorismo, Finanças

O melhor software jurídico

Escolher um software jurídico é uma atividade que demanda tempo e carinho na análise comparativa para que você tenha, ao final do processo, um software que realmente atenda às necessidades do escritório de advocacia ou do advogado autônomo. As dicas abaixo vão ajudá-lo nesta tarefa:

Dica #1: Use uma planilha para comparar benefícios e funcionalidades

As funcionalidades, os módulos e até as propostas comerciais dos concorrentes costumam ser bastante diferentes entre si, dificultando o processo de comparação de benefícios e funcionalidades.

Para facilitar esta tarefa, sugerimos a utilização de uma planilha comparativa, a qual facilitará sua decisão, tornando-a racional e não impulsiva. Ao saber o que você está contratando, você aumenta sua satisfação e diminui suas chances de frustração.

Baixe gratuitamente uma planilha de comparação de Software e assim garantir que você realmente contratará um software jurídico com o melhor custo benefício para sua necessidade, seja ela em um escritório de advocacia ou departamento jurídico corporativo. Baixar Planilha Grátis

Dica #2: Tenha clareza sobre o objetivo da contratação do software jurídico

Por que sua empresa ou seu escritório deseja contratar um software? Controlar processos? Controlar documentação? Controlar contratos de seus clientes ou fornecedores? Ao definir sua real necessidade você define o real objetivo da contratação e, consequentemente, aumenta seus argumentos para seleção do software realmente ideal para você.

Ao definir seu objetivo claramente você poderá contratar exatamente o que precisa e diminuir custos de funcionalidades e módulos que não lhe atendem por completo suas necessidades ou não estão diretamente relacionados com seu objetivo principal.

Dica #3: Defina funcionalidades essenciais

Você faz questão que o módulo de controle de horas de trabalho/timesheet tenha integração com um módulo financeiro para que você possa emitir uma fatura diretamente para seu cliente? Quais outras funcionalidades você está disposto a aceitar ou buscar nestes concorrentes? Defina quais itens você precisa, quais você deseja e quais são imprescindíveis para o desenvolvimento de determinada tarefa.

Esta dica complementa a dica anterior e é de extrema importância haja visto que diversos módulos e funcionalidades podem possuir valores diferenciados quando adotados juntos ou em separado, portanto a prévia definição de sua correlação é essencial para otimização de seu tempo e de sua verba.

Dica #4: Escolha uma forma de cobrança

Como você deseja ser cobrado pelo produto/serviço que está contratando? Você prefere pagar um valor mensal para usar o software ou prefere comprar a licença do mesmo de uma só vez? A definição ou, no mínimo a noção, da forma de pagamento ideal é essencial na escolha de um fornecedor. O mercado de software costuma oferecer duas principais formas de pagamento:

  • Pagamento fixo: Você paga um valor por determinado software, com volume de usuários e funcionalidades pré-definidos no momento da compra e usufrui destes itens continuamente após o pagamento.
  • Pagamento variável: Você paga mensalmente um valor por um conjunto de funcionalidades, usuários e serviços. Ao deixar de pagar, você automaticamente perde o direito de uso destes serviços e funcionalidades.

A maioria dos fornecedores possui sua própria forma de cobrar por seus produtos e serviços o que, em alguns casos, pode dificultar a contratação e manutenção do software jurídico em sua realidade.

Dica #5: Consulte outros clientes satisfeitos

O que outras pessoas que já utilizam o software estão falando dele? Será que ele está atendendo bem ou mal as expectativas destes clientes? Antes de confirmar sua compra, procure consultar clientes deste software e comparar a necessidades deles com a sua e, principalmente a opinião deles sobre o software jurídico em questão.

LEIA TAMBÉM  Quase 8% da força de trabalho do País tem processo na Justiça

Este tipo de pesquisa prévia costuma ajudar muito na percepção de valor e ajudar na negociação do mesmo já que clientes bem atendidos costumam ser um sinal prévio de que você também será bem atendido. Algumas empresas fornecem páginas como esta com uma lista depoimentos de clientes satisfeitos. Este tipo de informação complementa sua percepção e vai facilitar muito a sua decisão por um ou outro concorrente.

Dica #6: Esteja pronto e aberto à mudanças

A adoção de um software permite que você otimize e padronize determinadas tarefas de seu cotidiano, gerando normalmente economia de tempo e aumento de receitas. Porém este tipo de benefícios começa a aparecer apenas depois da adoção do software.

Esteja preparado para mudar a forma como você e sua equipe fazem certas coisas, afinal, não há novos resultados sem novas mudanças. O software permitirá que você ganhe tempo e dinheiro, fazendo a mesma coisa de maneiras diferentes e no começo desta transição esta mudança costuma gerar desconforto.Esteja preparado para ela!

O período de transição costuma ser curto e trazer muito mais benefícios do que malefícios. Tenha a mente aberta e permita que este novo software realmente auxilie você, afinal, seu sucesso e satisfação dependem da aceitação desta decisão.

Dica #7: Faça um treinamento de uso do software escolhido

Evite sair utilizando uma ferramenta sem o devido treinamento. O treinamento garante que você conhecerá e utilizará de forma completa e correta todas as funcionalidades do software contratado, aumentando os benefícios colhidos através do mesmo.

Analise se a empresa escolhida possui uma equipe de treinamento e suporte ou um canal no Youtube com treinamentos que possam ajudá-lo a utilizar mais e melhor o software escolhido. Ao escolher o software tenha certeza de incluir um treinamento para sua equipe antes de iniciar o uso diário do software.

Dica #8: Experimente o atendimento ao cliente

Quer conhecer bem um software? Comece pela sua equipe de atendimento. Se ela atendê-lo(a) bem e de maneira rápida, a conversa começou com o pé direito. Você usará um software diariamente em sua rotina de trabalho, seja você um advogado autônomo ou atuante em um escritório de advocacia. Eventualmente, você precisará de suporte para suas dúvidas, então que tal experimentar desde já o nível do atendimento que você receberá quando tornar-se cliente?

Faça contato através de chat, telefone e emails e todos os canais disponíveis com a empresa escolhida. Avalie a rapidez e qualidade destes contatos. Tire todas as suas dúvidas antes da contratação e aproveite o contato para entender como este processo de atendimento funcionará quando você se tornar cliente.

Ok, e agora?

Agora é com você! Use as dicas acima para escolher a ferramenta ideal para sua necessidade. Não esqueça de baixar gratuitamente uma planilha de comparação de concorrentes e sucesso! Baixar Planilha Grátis

Ainda tenho dúvidas, e agora?

Se depois de tudo isso você ainda estiver com dúvidas, use o formulário abaixo e entraremos em contato para ajudá-lo a conhecer e escolher o software jurídico ideal para você.
[contact-form-7 404 "Not Found"]

email