De olho no futuro: as maiores tendências para a advocacia

ProJuris Passo a passo 0 Comments

Os novos rumos do mercado não excluíram a advocacia. Em uma análise apresentada pela OAB SP, os setores mais promissores para o futuro da advocacia no Brasil acompanham a busca pela sustentabilidade e novas tecnologias, que é bastante latente em todas as áreas. Os duzentos escritórios mais respeitados do país fizeram um top 5 das áreas que mais devem crescer no futuro próximo:

5º lugar: Digital

 

De acordo com 13% desses escritórios, o Direito Digital é um ramo que oferece muitas possibilidades. Essa área abrange vários outros campos, como o comercial, o criminal, o autoral, o internacional, etc. Devido à velocidade com que se dão os avanços tecnológicos, é um ramo bastante desafiador e sujeito a mudanças constantes, mas que provavelmente continuará a se expandir juntamente com o próprio universo digital.

4º lugar: Petróleo e Gás

 

Segundo 15% dos profissionais, o setor de energia, principalmente ligada ao petróleo e ao gás, é outra promessa para a advocacia. A área está ligada, principalmente, ao Direito Comercial e ao Direito Tributário, e pode ser abordada tanto por um viés nacional quanto internacional. O petróleo e o gás natural ainda são os meios energéticos mais utilizados e, mesmo com a tendência sustentável, ainda vão exercer um papel crucial na economia mundial por muitos anos. A tendência de sucesso desse ramo da advocacia é tanta que vários cursos de especialização em Petróleo, Gás e Energia já são oferecidos no meio acadêmico, oferecendo um entendimento tanto do meio nacional quanto do internacional.  

3º lugar: Arbitragem

 

Dada a “famosa” morosidade da Justiça nacional, a arbitragem é apontada por 23% dos escritórios como um ramo que deve crescer bastante nos próximos anos. Ao contrário do que se pensa, essa modalidade de resolução de conflitos remonta à antiguidade, mas só agora, na segunda década do século XXI, está sendo empregada de maneira mais frequente, atendendo à constante busca por agilidade nos negócios privados. No Brasil, a arbitragem geralmente é feita por profissionais qualificados, e o processo não pode ultrapassar os seis meses até a resolução. O ramo internacional também oferece oportunidades de arbitragem, como uma forma de diminuir os possíveis atritos no relacionamento entre países e aumentar a agilidade das relações internacionais.

LEIA TAMBÉM  O que um software jurídico pode fazer pela gestão de processos do seu escritório?

2º lugar: Infraestrutura

 

A necessidade de melhorias na infraestrutura do país também é uma promessa para o Direito. Para 41% dos entrevistados essa é uma área que deve ser observada por quem deseja novas oportunidades. Os cursos de especialização nessa área de atuação envolvem o conhecimento sobre investimentos públicos e privados, licitações e até questões relativas à desigualdade social.

1º lugar: Ambiental

 

A mobilização mundial por alternativas sustentáveis causou o seu efeito da advocacia. Segundo 54% dos profissionais que participaram da pesquisa, o Direito Ambiental é o que mais deve crescer ao longo dos próximos anos. A atuação dos advogados ambientais é bastante extensa, e estabelece um elo entre os campos de ciências sociais, antropologia, biologia, geologia, engenharia e direito internacional, em uma busca por harmonia nas interações entre as pessoas e o meio-ambiente. O setor apontado como o mais promissor se caracteriza pela sua horizontalidade, uma vez que abarca todos os ramos do Direito – com especial destaque para o direito constitucional, o direito administrativo, o direito civil, o direito processual, o direito penal e o direito do trabalho -, e, exatamente por isso, é uma real possibilidade para advogados com preferências muito distintas.

As renovações são inerentes a qualquer área de atuação, e cabe aos profissionais se adaptar às novas maneiras de exercer seu trabalho. Com essas dicas dadas através da pesquisa divulgada pela OAB SP, fica mais simples buscar cursos de especialização e reciclagem específicos, e focar o trabalho nas áreas mais cotadas pelos escritórios mais famosos do Brasil.

email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *