Entrevista com Ana Carolina Torres, gerente jurídica destaque na Análise Editorial

ProJuris Entrevistas 1 Comment

A Análise Editorial é um veículo jornalístico que se dedica a anuários especializados, contemplando diferentes áreas como gestão de RH, gestão ambiental, setor de energia e, um dos prestigiados editoriais, uma publicação voltada a executivos jurídicos e financeiros.

Em junho, a nona edição do anuário Análise Executivos Jurídicos e Financeiros foi anunciada em um evento que reuniu cerca de 300 convidados, a maioria diretores jurídicos e financeiros das empresas mais importantes em atividade do Brasil. O evento contou com uma palestra do doutor em economia e ex-presidente do Banco Central Gustavo Loyola, que trouxe números e insights sobre o período de crise atual.

Também foi realizada a homenagem aos executivos jurídicos mais admirados do país em 2016. Os profissionais são selecionados por outros colegas de profissão. Os 57 nomes mais mencionados compõe a lista. Entre os vintes primeiros colocados, apenas quatro mulheres. Segundo a própria revista, embora 57% dos integrantes de departamentos jurídicos de empresas sejam mulheres, apenas 37% acabam virando diretoras. E foi neste contexto que entrevistamos a Dra. Ana Carolina Torres, gerente jurídica da Ferramentas Gerais, que aparece na 13ª colocação. Confira:

Antes de tudo, gostaria de perguntar: o que este prêmio representa pra você? E ao que, especificamente, você atribui ter pulado da 27ª posição para a 13ª em apenas um ano?

Preciso admitir que ser reconhecida nesta premiação tem um sabor especial. É como uma coroação de todo o trabalho desenvolvido em prol da advocacia corporativa do Brasil e especialmente do meu estado natal, o Rio Grande do Sul.

Não tenho dúvidas que a posição em que estou é diretamente relacionada aos trabalhos voluntários que desenvolvo faz muitos anos e que acabam trazendo uma visibilidade muito interessante para a carreira.

Se você pudesse citar dois valores que são indissociáveis da sua atuação profissional, quais seriam e por quê?

Muita paixão e real envolvimento pelas causas e pelas pessoas. Um gestor jurídico só realizará um bom trabalho se contar com sua equipe acreditando no negócio e em seu desenvolvimento. Somos parte da empresa e não mera área de apoio, e como parte do negócio conseguimos conquistar um louvável espaço.

Por que você optou por trabalhar em um departamento jurídico ao invés de um escritório? E quais são, na sua opinião, as principais diferenças entre trabalhar em um e em outro?

São dois ambientes muito diferentes… Costumo brincar que sou “advogada de excel”, “tradutora intérprete”, entre outras coisas… Em departamentos jurídicos as respostas precisam ser imediatas e com a língua do “business”, não temos como explicar sobre o andamento de um processo sem levar números e dados, assim como não conseguimos desvencilhar um contrato se não entendermos o contexto do negócio em que ele está envolvido ou as repercussões para o resultado financeiro e contábil da empresa.
Sobre trabalhar em departamentos jurídicos: não foi uma escolha, foi uma maravilhosa opção que apareceu durante a minha formação e que me adaptei surpreendentemente bem.

LEIA TAMBÉM  "Todo o controle do Departamento Jurídico é realizado via ProJuris", Matheus Boscardin, ger. jurídico do Grupo Calcenter

Qual dica você daria para profissionais que estão entrando agora no mercado?

Entendam que precisamos de pessoas e que precisamos entender de números, de power point e de excel… Precisamos entender de BSC e orçamento, precisamos entender de provisionamento contábil e de gestão de equipes… Saber o direito aplicável é o básico que esperam, a multidisciplinaridade da atividade é que enriquece o profissional.

Vi no seu LinkedIn que você obteve o título de Prática Certificada com o case ‘Fazendo mais com menos. A necessidade de otimização da gestão com ferramentas gratuitas’. Gostaria que você falasse um pouco sobre isso.

Faz muitos anos que faço parte do Fórum de Departamentos Jurídicos – FDJUR, uma instituição que reúne advogados que atuam em ambientes corporativos. Ano passado eles lançaram um prêmio de melhores práticas, que foi um sucesso.

Apresentei nosso “case” da empresa em que atuo, em que aliados com as ferramentas de TI que já tínhamos criamos toda uma estrutura de gestão e otimização de processos. Para um jurídico forte é necessária informação e histórico, o que somente se consegue com muita disciplina e organização.
Foi um momento muito importante de nossa trajetória como Departamento da empresa. Tivemos reconhecimento com divulgação do caso no jornal interno do Grupo empresarial ao qual estamos vinculados.

Vi que a Dra. também é membro fundador do grupo ‘Women in Law Mentoring Brazil’. Pode falar um pouco sobre seu trabalho e o do grupo?

O Women in Law Mentoring Brazil é um projeto que veio diretamente do coração.
Nosso grupo é inspirado pela Sheryl Sandberg, executiva do Facebook que escreveu o livro Faça Acontecer e trouxe à tona uma nova percepção do feminismo.

Trata-se de um grupo formado por advogadas corporativas e de empresas que tem como intuito ajudar jovens advogadas a posicionarem-se sobre suas carreiras, crescendo como líderes e profissionais.
Iniciou timidamente com um grupo de 8 profissionais mentoras e 8 mentorandas. Já fechamos o primeiro ciclo e estamos iniciando o segundo com o dobro de pessoas.

Se a carreira é uma corrida de 100 metros e, infelizmente, as pesquisas apontam que a maioria das mulheres não está conseguindo chegar até o fim, queremos ajudar a próxima geração a ir mais longe, correndo ao lado delas para que tenham fôlego e não desistam. É o projeto mais lindo que atuo ultimamente, sem sombra de dúvidas.

email

Comentários 1

  1. Querida colega , você inspira a todos , a competência é indiscutível, mas vai muito além: sua capacidade de cativar a todos que a cercam, possui todos os predicados que elevam a mulher ao estatus que sempre deveria ter sido dela, sem tantas lutas pra chegar lá . Enfim, me envaideço de conhecê-la pessoalmente e ser uma de tantas amigas que conquistastes. Parabéns é só um clichê. Você é especial. Grande abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *