Famosos que você não sabia que foram advogados

André Lux Curiosidades 0 Comments

Já contamos por aqui como era o Direito no Egito Antigo e por que os advogados são chamados de doutores, conteúdos que mostram que a profissão de advogado, além de ser uma das mais antigas, está naturalmente dotada de um grau superior de nobreza. Já na Bíblia são caracterizados os primeiros traços da prática de defesa advocatícia: Moisés, que no Êxodo liderou a defesa de seu povo e Jesus Cristo, que ao ver a mulher adúltera prestes a ser apedrejada invocou a Lei Mosaica para impedir que o fizessem.

No decorrer da história, na Grécia – também considerada um berço da advocacia, surgiram oradores que foram considerados grandes advogados por sua persuasão e retórica: Demóstenes, Péricles, Isócrates, Aristides e Temístocles são alguns nomes. Em Roma, nomes como Marcus Tullius Cicero, Servius Sulpicius Rufus e Flávio Málio Teodoro também foram fundamentais para o Direito. Foi na Roma Antiga também que a profissão passou a ser exercida pelas mulheres, destacando-se as advogadas Amásia e Hortência.

Nas eras moderna e pós-moderna, claro, também existem e existiram advogados que serão lembrados por gerações, mas, como prometido no título, o objetivo aqui é listar grandes personalidades que estudaram Direito e que, por não terem se tornado conhecidos pela atuação advocatícia – ou somente por ela, não têm seus nomes fortemente associados à profissão.

 

mandela

Nelson Mandela

O mais importante líder africano na luta contra o Apartheid, vencedor do Prêmio Nobel da Paz de 1993 e presidente da África do Sul de 1994 a 1999, era advogado. Em 1941, enquanto fazia um bacharelado em Artes, Nelson Mandela conseguiu um emprego de assistente na banca de advogados judeus Witkin, Sidelsky & Eidelman, o que o motivou a dois anos depois ingressar no curso jurídico da Universidade de Witwatersrand. Foi com a atuação no Direito que Mandela percebeu como as leis eram parcialmente aplicadas, pendendo sempre para o benefício dos brancos. Essa percepção foi o que provocou em si a reação de lutar contra o racismo em seu país.

Em 1952, já como ativista atuante a com algumas passagens pela prisão, abriu o primeiro escritório advocatício negro da África do Sul, o Mandela & Tambo, onde atendeu a centenas de casos na defesa dos interesses de clientes negros. A Sociedade durou até 1958. Mandela passou ao todo 27 anos preso, mas mesmo durante esse período foi homenageado mundo afora: em junho de 1983 recebeu o doutorado em Direito pela Universidade da Cidade de Nova Iorque, por seu “compromisso altruísta para com os princípios de liberdade e justiça”.

 

barack e michelle

Barack e Michelle Obama

O atual presidente dos EUA e primeiro negro a ocupar esse cargo também é advogado. Barack Obama cursou Ciências Políticas pela Universidade Columbia e Direito na Universidade de Harvard, onde foi presidente da Harvard Law Review – a revista jurídica da Universidade. Barack também atuou como advogado no escritório Davis, Miner, Barnhill & Galland, um escritório de direito especializado em casos de direitos individuais e desenvolvimento econômico de vizinhanças. Ensinou direito constitucional na escola de Direito da Universidade de Chicago entre 1992 a 2004.

Já Michelle Obama, cursou primeiro Sociologia na Universidade de Princeton e depois Direito na Universidade de Harvard. Em junho de 1989, quando Barack Obama foi contratado para um emprego de verão, ambos se conheceram e Michelle teve a responsabilidade de ser sua mentora na empresa. Eles começaram a namorar depois do verão, ficaram noivos em 1991 e se casaram em 1992. A presença de Michelle sempre foi um dos destaques nas campanhas do marido. Ela escrevia seus próprios discursos e participou nas Convenção Nacionais de 2008 e 2012.

 

bocelli

Andrea Bocelli

O tenor, compositor e produtor musical italiano nasceu parcialmente cego devido a um glaucoma congênito e perdeu totalmente a visão aos 12 anos, quando sofreu um golpe na cabeça durante uma partida de futebol. Mesmo assim, foi para a Universidade de Pisa aos 21 anos e se graduou em Direito. Trabalhou na área por apenas um ano e decidiu dedicar-se integralmente à música, paixão que já o acompanhava desde a infância na Toscana. Durante toda a carreira, Bocelli vendeu mais de 80 milhões de cópias em todo o mundo e foi contemplado com 3 Grammys, o prêmio mais importante do cenário da música mundial.

 

perrault

Charles Perrault

Charles Perrault foi um escritor e poeta francês, considerado o “Pai da Literatura Infantil” pela obra Contos da Mamãe Gansa, que publicou já aos 68 anos de idade e que possui alguns dos principais contos da história da literatura infantil, como Chapeuzinho Vermelho, A Bela Adormecida, O Gato de Botas, Cinderella, Barba Azul e O Pequeno Polegar. Antes disso, havia se formado em Direito em 1651, aos 23 anos, e trabalhado durante toda a vida adulta para o governo da França. Começou como funcionário público responsável pela conservação de edifícios reais e chegou a ser conselheiro do Rei Luís XIV.

LEIA TAMBÉM  Argumentação jurídica: como lidar com as falácias lógicas

 

ghandi

Mahatma Gandhi

O indiano mais conhecido da história, idealizador e fundador do moderno Estado indiano, maior defensor do princípio da não-agressão — forma não-violenta de protesto como um meio de revolução — e influenciador de outros revolucionários como Martin Luther King Jr. e Nelson Mandela, Gandhi cursou a faculdade de Direito em Londres e formou-se em 1891. Na Índia, devido sua timidez, não obteve muito sucesso na prática da profissão, mas recebeu uma oportunidade de ir à África do Sul por um ano para representar uma empresa em um processo judicial. Gandhi acreditava que o dever do advogado era sempre de ajudar o tribunal a descobrir a verdade, e não de tentar incriminar o inocente. Foi nesse período que ele relatou: “eu aprendi a descobrir o lado bom da natureza humana e entrar nos corações dos homens. Eu percebi que a verdadeira função de um advogado era unir partes separadas”.

 

fidel

Fidel Castro

Outro personagem que liderou uma nação e que começou sua trajetória política nas bancas de advocacia. Fidel Castro começou a cursar Direito na Universidade de Havana em 1945, foi eleito delegado da faculdade de Direito e participou ativamente de manifestações contra a corrupção do governo do presidente Ramón Grau San Martín. Fidel se graduou em 1950 e atuou como advogado apenas até 1952, quando entrou de vez na vida política como opositor ao governo ditatorial de Fulgêncio Batista.

 

lincoln

Abraham Lincoln

O rosto na moeda americana de 1 centavo é de um advogado. Abraham Lincoln foi o 16º presidente dos EUA, cargo que assumiu em 1861. Liderou o país durante uma de suas maiores crises internas: a Guerra Civil Americana. Aboliu a escravidão, modernizou a economia estadunidense e é um dos ex-presidentes mais bem lembrados. Foi assassinado por um líder revolucionário contrário às medidas de seu governo em 1865, aos 56 anos, quando ainda era presidente, enquanto assistia a uma peça teatral em Washington.

Mas antes de tudo isso, utilizou suas habilidades autodidatas para se tornar advogado. Iniciou os estudos sobre legislação lendo Comentários sobre as Leis da Inglaterra, do jurista William Blackstone, e outros livros. Dois anos depois, em 1836, foi aprovado no exame de admissão para o exercício da advocacia, aos 27 anos. Em 25 anos como advogado, Lincoln trabalhou principalmente em questões que envolviam o direito à propriedade.

Lincoln era conhecido por não se importar muito em adquirir riquezas e cobrava pouco por seus honorários. O historiador inglês Paul Johnson, no livro Os Heróis — de Alexandre o Grande e Júlio César a Churchill e João Paulo II, conta que certa vez, Lincoln respondeu à carta de um cliente da seguinte forma: “Caro Sr., acabo de receber sua carta do dia 16, com cheque do Flags e Savage no valor de 25 dólares. O Sr. deve pensar que sou um homem de alto preço. É muito liberal com o seu dinheiro. 15 dólares bastam pelo serviço. Envio-lhe um recibo por 15 dólares e devolvo-lhe uma nota de 10”.

 

butler

Gerard Butler

O ator escocês que interpretou o rei espartano Leônidas no filme 300, e fez outros papéis de sucesso como o do filme P.S. Eu Te Amo, é outro que estudou Direito. É egresso da Universidade de Glasgow, Escócia, onde foi o Presidente da Sociedade de Direito. Trabalhou como estagiário de Direito Civil em um escritório de advocacia em Edimburgo e foi demitido uma semana antes de completar os dois anos no cargo que lhe garantiriam a efetivação. Foi aí que decidiu se dedicar à carreira de ator e começou a receber as primeiras propostas para atuar.

 

Deixamos alguém muito importante de fora? Comente e nos ajude a completar essa lista. Estamos preparando também uma lista só com brasileiros.

email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *