Aprenda em 1 minuto: o que é um software jurídico? Pra quê serve? Quanto custa?

ProJuris Dia a Dia, Empreendedorismo 1 Comment

Em vista que o tempo do advogado é precioso, inauguramos hoje a série de textos aprenda em 1 minuto, que envolve principalmente explicações de conceitos tecnológicos da nova realidade do advogado moderno. Em um único minuto, você pode adquirir conhecimento necessário acerca de um tema, além de receber ao fim da postagens sugestões de leituras complementares caso haja interesse em se aprofundar. Comecemos então por software jurídico.

O que é um software jurídico?

É um sistema que busca automatizar e organizar algumas atividades do dia-a-dia do profissional jurídico, seja ele um advogado autônomo, parte ou sócio de um escritório de advocacia ou parte de um departamento jurídico.

O que ele faz?

Permite que você acompanhe processos judiciais e administrativos, onde poderão ser consultados e editados os respectivos desdobramentos, objetos, honorários e documentos. Além disso, automatiza o recebimento dos seus andamentos. Tudo isso, claro, gera relatórios personalizados para que os resultados do seu negócio possam ser analisados com maior cuidado. O sistema também gerencia as agendas de todos os profissionais, permitindo que um gestor controle as atividades dos seus colaboradores. E no caso de um software para departamentos jurídicos, o profissional ainda pode fazer a gestão de contratos e assinaturas.

LEIA TAMBÉM  A logística jurídica da sua empresa é inteligente?

Quanto custa?

Varia de acordo com a solução. Um software para advogados autônomos, como o ProJuris ONE, por exemplo, custa a partir de R$ 49,90 mensais. Para escritórios de advocacia, é preciso que seja contratado um plano de acordo com o interesse e tamanho do negócio, com valores a partir de R$ 99,00 e R$ 169,00 mensais, além de um valor especial a partir de uma personalização do seu plano. Por isso, é importante fazer uma consulta os planos. Para departamentos jurídicos, recomendamos que uma análise seja feita por especialistas para entender as necessidades da empresa, pois a partir disso será definido um escopo adequado. Ou seja, agende uma consulta.

 

Leituras complementares

email

Comentários 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *