Procrastinação: vale a pena deixar para depois?

ProJuris Dia a Dia, Dicas 0 Comments

A procrastinação pode comprometer prazos processuais e causar perda de clientes e dinheiro. Saiba como combater esse problema dentro de seu escritório.

O cotidiano de um advogado se resume a cumprimento de prazos. De todos os tipos, para todas as causas: são publicações, embargos, recursos, intimações, audiências e sessões de julgamento sem fim para cumprir em cada processo que se assina. Por isso, ter uma rotina organizada, sem se deixar levar por amenidades, é essencial para quem trabalha na área. Por, às vezes, se deixar distrair dos compromissos com frequência pode estar ligado à procrastinação, a doença do “depois eu faço”.

A procrastinação nunca foi tão presente na vida das pessoas desde o surgimento do computador e da internet. Procrastinar não é ter preguiça: é ter muita coisa para fazer e deixá-las todas para a última hora. Muitas são as causas que levam a isso: desorganização, falta de motivação e dificuldade para se definir prioridades, por exemplo. E as consequências podem comprometer – e muito – a vida de quem é dependente dos prazos para tudo e corre o risco de entregar uma tarefa sem qualidade por ser realizado de última hora. Afinal, ser produtivo implica em resolver o dia a demonstrar mais eficiência de serviços jurídicos ao cliente.

Algumas dicas podem ser fundamentais para quem quer eliminar esse problema:

1) Opte pela ajuda de um software jurídico para organizar os compromissos

Seja grande ou pequeno, antigo ou novo, um escritório de advocacia dificilmente alcança o sucesso sem um software jurídico para ajudar os profissionais com todas as tarefas do dia: cumprimento de prazos, gestão de processos, organização da equipe e do local de trabalho e controle das finanças. O ProJuris atua pontualmente nisto: alerta para as atividades mais importantes, afastando o advogado de atividades repetitivas e fora de foco, e controla até o tempo dispensado com cada cliente.

2) Escolha uma tarefa mais importante

Ao chegar no escritório determine a tarefa mais importante para ser feita naquele dia e procure realizá-la logo nas primeiras horas. Além de deixá-lo mais aliviado, isto lhe trará maior motivação para executar as demais atividades. Se uma agenda não consegue ajudá-lo nisso, confie todas as informações e atividades ao ProJuris: ele não o deixará escapar dos compromissos e o lembrará das atividades do dia logo ao ligar o computador.

LEIA TAMBÉM  O que um software jurídico pode fazer pela gestão de processos do seu escritório?

3) Evite ficar todo tempo respondendo e-mails

Alguns especialistas que tratam do tema da procrastinação defendem que responder e-mails a todo o momento é uma forma de resolver a agenda dos outros prejudicando a sua. Reserve um ou dois horários do seu dia exclusivamente para responder e-mails e foque-se nas atividades mais relevantes do escritório como a produção de peças, organização de prazos entre outras. Abrir o e-mail significa navegar na internet e isso pode levá-lo, facilmente, para as redes sociais e pesquisas que causam prazer, mas não ajudam a resolver os problemas do dia.

4) Não faça listas imensas de tarefa

Muitos profissionais tentam se organizar escrevendo inúmeras tarefas que são impossíveis de executar em um único dia. Procure separar as atividades por dia e se atenha à execução delas.

5) Saiba o que é necessário fazer

Dentre tantas atividades complexas que envolvem o dia a dia, é indispensável que o advogado saiba o que precisa ser feito e acompanhe de perto todo o caminho já percorrido de uma consultoria ou de um processo, por exemplo. O ProJuris é um bom aliado neste quesito também e possibilita ao advogado visualizar o andamento completo de processos através de uma linha do tempo, que aponta todas as tramitações já realizadas. Com isso, o advogado já consegue ter objetividade para direcionar suas ações relativas a qualquer informação necessária sobre o processo.

6) Recompense o trabalho com descanso

Permita-se a tirar pequenas pausas para tomar um café, conversar com um colega de trabalho ou fazer algo que lhe traga prazer. O descanso é fundamental para se manter produtivo, já que a motivação costuma diminuir na medida em que vamos ficando mais cansados.

Se você se identificou como um procrastinador, já sabe onde está o problema e o que fará para resolvê-lo?

email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *