agenda software jurídico

5 vantagens da agenda digital para a “agenda-caderninho”

A agenda é uma das principais ferramentas de todo advogado. Faz parte do seu cinto de utilidades, é indispensável. O famoso “caderninho” praticamente já faz parte da imagem popular do advogado, além dos livros e do terno e gravata. Isto porque a dinâmica do cotidiano advocatício está associado ao agendamento de atividades e, mais importante, ao cumprimento destes prazos.

Na era onde se busca fazer cada vez mais coisas para demonstrar diferencial, ter qualidades básicas como ser um profissional responsável e disciplinado parecem ter se tornado qualidades indispensáveis para fechar uma parceria. A famosa ‘agendinha’ praticamente já faz parte da imagem popular do advogado, além dos livros e do terno e gravata.

Moderniza-se a sociedade e, consequentemente, modernizam-se os hábitos. A agenda corrida e as responsabilidades, claro, permanecem. Mas o caderninho já não é o mesmo. As agendas digitais passaram a substituir as folhas de papel e caneta.

Durante um tempo, os mais saudosistas foram relutantes em aderi-las, mas aos poucos perceberam as vantagens que estas ferramentas oferecem – para além do “caderninho”. Vamos falar um pouquinho sobre cinco delas:

Neste conteúdo você vai encontrar:

Os alertas
Espaço infinito
Compartilhamento
Dá pra levar no bolso
Histórico de informações

Os alertas


Com certeza seu caderno não vai mudar de cor ou emitir algum som assim que precisar dizer que você possui um compromisso para daqui 1 hora. As agendas digitais sim. Na agenda do ProJuris, por exemplo, é possível configurar a opção de ser avisado com antecedência (com quantos minutos/quantas horas você preferir) sobre uma tarefa, por e-mail e pela própria tela principal do seu sistema.

Espaço infinito


Ao contrário das páginas numeradas, com espaço limitado, as agendas digitais têm a capacidade de armazenar quantos eventos e observações você quiser fazer. E melhor, tudo de forma organizada. Ao cadastrar todas as suas tarefas do dia, elas automaticamente se ordenarão no horário que vão acontecer. Somado aos alertas, abordado no item anterior, fica bem mais difícil perder algum prazo.

LEIA TAMBÉM  17 critérios para escolher o melhor software jurídico em 2018

Compartilhamento


No ProJuris, é possível incluir outros membros de sua equipe em um compromisso. Além disso, você, usuário, controla quem pode visualizar e editar a sua agenda. Ao conceder o privilégio de edição, o outro usuário pode incluir compromissos em sua agenda. Ou seja, além de ter a sua agenda particular, com todas as atividades que irá executar no dia, é possível relacioná-la com as outras agendas de sua equipe.

Dá pra levar no bolso


Raramente a agenda de um advogado vai acomodar apenas as datas marcadas (dia 21 – audiência referente ao processo X). Para que o compromisso fique didático e até mesmo a critério de complemento, muitas vezes acrescentam-se comentários. Já dá para imaginar que com a grande quantidade de eventos, o “caderninho” vire um calhamaço. Dá para imaginar também que será difícil guardar um destes no bolso. Diferentemente de uma agenda digital, que pode ser acessada de um dispositivo móvel facilitando sua mobilidade.

Histórico de informações

Esta talvez seja a maior vantagem de todas. No ponto anterior, mencionamos que é possível levar sua agenda no bolso. Mas além disso, com o ProJuris no seu tablete por exemplo, dá para carregar consigo todas as informações dos processos por conta dos dados armazenados no sistema. Ou seja: longe do seu escritório, a caminho de uma audiência marcada em sua agenda, é possível, com apenas alguns cliques, conferir todo o histórico referente àquele processo. E tudo isso na palma da mão.

Leia também: Software jurídico é seguro? 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *