Como aumentar o faturamento do escritório de advocacia

25/10/2021
 / 
15/05/2023
 / 
9 minutos

Está até se tornando clichê dizer que a concorrência na advocacia está cada vez maior. Ainda assim, é um fato. O número de advogados e advogadas na OAB só aumenta, e sem uma boa estratégia de crescimento, muitos escritórios podem começar a perder espaço para novos profissionais. É claro que, isto não se trata de uma guerra entre novos profissionais x profissionais mais experientes. No entanto, escritórios que já estão há algum tempo no mercado, mas que não são grandes bancas, precisam encontrar maneiras de aumentar o faturamento do escritório de advocacia para não correr riscos, como a falência.

Inclusive, é interessante, visando o crescimento do escritório, “ficar de olho” nos profissionais que estão saindo da universidade. Afinal, existem pessoas talentosíssimas por aí que só tem a agregar a seu escritório. Por outro lado, as pessoas que estão saindo estão buscando lugares onde possam se desenvolver e alcançar seus objetivos profissionais. Nesse sentido, vale fazer parcerias com universidades ou movimentos, como as empresas juniores. O Match entre estudantes recém-formados com pequenos e médios escritórios de advocacia pode ser perfeito para o crescimento de ambos.

Além disso, para crescer um escritório de advocacia, outros passos são importantes. Pensando nisso, elaboramos 5 dicas para quem deseja aumentar o faturamento do escritório de advocacia e alcançar o sucesso na advocacia. Confira!

Navegue por este conteúdo:

1. Faça um planejamento estratégico para ampliar o escritório de advocacia

O primeiro passo então para alcançar o objetivo de aumentar o faturamento do escritório de advocacia é ter um planejamento estratégico. Expandir um escritório não significa atirar para todos os lados. Assim, sair fazendo de tudo para chegar a algum lugar não é a melhor estratégia.

Dessa forma, é importante, antes de qualquer coisa, saber para onde você está indo. Isto é, qual o objetivo do seu escritório? Lembre-se que expandir o escritório pode ser uma coisa para você e para o seu colega outra. Por isso, a primeira etapa de um planejamento é entender o que o time todo entende por crescimento e definir as metas e objetivos de todos.

Definir as metas é, talvez a etapa mais importante do planejamento. Isso porque, é a partir das metas que você definirá quais estratégias serão utilizadas para atingi-las. Ademais, é para as metas que o time terá que olhar quando quiser entender melhor o quão perto o escritório está de alcançar o objetivo principal, ou seja, aumentar o faturamento do escritório de advocacia e crescer o negócio.

É importante que as metas sejam desafiadoras, mas não impossíveis. Metas difíceis são motores, elas motivam o trabalho do time. As metas também devem ser SMART: Específicas, Mensuráveis, Atingíveis, Relevantes e Temporais. Se as metas do escritório de advocacia seguirem essa lógica, elas estão corretas.

Por fim, uma parte importante do planejamento é o acompanhamento. Este pode ser feito com metodologias ágeis, como as OKRs, ou outros. Com este planejamento já é possível ter resultados melhores rumo ao objetivo final.

2. Tenha uma equipe de excelência

Sua equipe deve ser qualificada. Aqui, no entanto, o sentido vai além de conhecimentos técnicos da advocacia. Se um colaborador é muito bom em Direito de Família, mas o seu escritório não visa esse público, não faz sentido que ele esteja ali, concorda? Ou então, outro colaborador é excelente em Direito Empresarial, mas não trata bem os clientes, provavelmente ele estará afastando clientes e afetando negativamente o faturamento do escritório de advocacia.

Sobre esse último ponto, um problema bastante comum em escritórios que estão expandindo é que, com o aumento dos clientes, a qualidade no atendimento cai. Veja, isso apenas prejudica o escritório. O atendimento ao cliente deve manter um padrão.

Outro ponto importante diz respeito ao alinhamento da equipe. Nesse sentido, é essencial manter reuniões periódicas de alinhamento acerca das metas e das estratégias. Assim, se acaso alguma meta não estiver de acordo com o que desejam, ela pode ser trocada. Ademais, é essencial manter a comunicação e acompanhamento constante para entender como as atividades rumo aos objetivos estão caminhando.

Por fim, é importante incentivar o desenvolvimento das Skills que seu escritório precisa em seus colaboradores. Para isso, invista em cursos de capacitação, workshops, etc. Com isto, além de ter os profissionais de excelência que seu escritório precisa, os motivará em seu desenvolvimento pessoal, e consequentemente, trará mais resultados para os colaboradores e para o escritório.

3. Invista em marketing jurídico para expansão do escritório de advocacia

O marketing jurídico pode contribuir de diversas formas para a expansão do escritório de advocacia. Com o marketing jurídico, além de aumentar o faturamento do escritório de advocacia, você consegue torná-lo um escritório renomado no mercado da advocacia. Para isso, é válido dividir o marketing jurídico em diferentes ações.

acesse uma planilha de honorários e saiba quanto cobrar por seus serviços como advogado

a) Invista em branding jurídico

Uma imagem que transmita confiança aos clientes é essencial para aumentar a aquisição de clientes na advocacia, e por consequência, o faturamento do escritório de advocacia. Assim sendo, investir no Branding do escritório de advocacia é essencial.

Para isso, é importante construir uma boa identidade visual, definir o tom de voz, as personas, os arquétipos, brand persona, etc. Se o escritório tiver condições, a dica é contratar um designer e um profissional de marketing para essa função ou uma agência de marketing que cuidará disso. Isso sem contar as consultorias de marketing que podem ser uma opção excelente também. Agora se esse não for o caso, a minha dica é que os próprios colaboradores estudem muito sobre o assunto, e possam construir um primeiro branding. Futuramente, quando o escritório de advocacia crescer, é essencial contratar profissionais especializados para isso, ok?

b) Invista em marketing de conteúdo

O provimento 205/2021 que dispõe sobre publicidade na advocacia foi recentemente aprovado e traz maior flexibilização para as estratégias de marketing na advocacia. Uma das principais atividades de marketing permitidas por ele é o marketing de conteúdo.

Isso porque, por meio desta estratégia, o escritório não descumpre seu papel social de acesso à justiça. Afinal, por meio do marketing de conteúdo você também informa o seu cliente. Além disso, utilizar blogs para divulgação dos seus conteúdos jurídicos pode garantir um bom posicionamento no Google. Isto significa que, quando um possível cliente pesquisar sobre determinado assunto, a chance de chegar a seu escritório é alto. Consequentemente, as chances de ele virar seu cliente também é maior.

c) Faça networking

Participar de eventos também é uma ótima forma de se posicionar no mercado. É importante, é claro, que esses eventos tenham relação com seu escritório. Mas você não precisa se limitar a fazer networking no mundo jurídico indo apenas a eventos jurídicos. Vamos supor que você atua com Direito empresarial focado em empresas de tecnologia, ou até mesmo, focado em startups. Faz todo o sentido que seu escritório participe de eventos nesse sentido.

d) Invista em parcerias

Investir em parcerias para atender melhor o seu cliente é uma estratégia muito utilizada aqui na Projuris. Integramos com dezenas de parceiros, para fornecer serviços complementares e aumentar a eficiência do nosso software

acesse uma planilha de honorários e saiba quanto cobrar por seus serviços como advogado

No caso de um escritório de advocacia, essa parceria pode ser feita com outros escritórios, de áreas que você não atende, por exemplo. A parceria, além de abranger o leque de oportunidades de negócio, faz com que seu cliente sinta maior firmeza no seu negócio. Assim, cria-se na advocacia, uma economia colaborativa.

Outra maneira de investir em parcerias é por meio de correspondentes. Dessa forma, seu escritório expande geograficamente, sem a necessidade de um ambiente físico, e por consequência, o faturamento do escritório de advocacia aumenta.

e) Ofereça um serviço de excelência

Não é novidade para ninguém que o “boca a boca” ainda é a melhor estratégia de marketing de qualquer empresa. Nesse sentido, é importante investir em uma estratégia de satisfação dos clientes.

Ela pode contar com o simples atendimento de excelência, com informações periódicas a clientes, rapidez nas atividades, bom provisionamento e jurisprudência de qualidade.

Ou ainda, contar com estratégias mais específicas, como lembretes acerca de aniversários, acompanhamento constante do cliente, etc.

Assim, o crescimento e aumento do faturamento do escritório de advocacia tem mais chances de acontecer.

4. Terceirize atividades

Se você já atua com número de profissionais do Direito em uma quantidade satisfatório para o momento, talvez seja interessante buscar profissionais que possam contribuir com outros aspectos da advocacia. Por exemplo, já citamos anteriormente a contratação de um profissional de marketing. Outro profissional que pode ser contratado é o controller jurídico, que irá cuidar dos prazos processuais e garantir a boa execução das atividades.

O mesmo vale para setores como limpeza, manutenção, recursos humanos, etc. Basta olhar qual a principal necessidade do seu escritório de advocacia e o que contribuirá melhor para aumentar o faturamento do escritório de advocacia no momento. Aumentando o faturamento, é possível terceirizar ainda mais, e garantir um crescimento exponencial.

5. Automatize atividades e aumente o faturamento do escritório de advocacia

Por fim, e não menos importante, invista em ferramentas que automatizem as atividades no escritório. Uma dessas ferramentas é o software jurídico. Com um sistema jurídico como o Projuris ADV, você consegue acompanhar processos, e controlar prazos. Dessa forma, você não perde nenhum prazo, e seu cliente fica mais satisfeito.

Falamos sobre satisfação do escritório de advocacia em parágrafo anterior, mas vale ressaltar que com o Projuris ADV, a comunicação com o seu cliente fica mais fácil. Isso porque, o sistema conta com o compartilhamento de informações via WhatsApp e E-mail. Ademais, o software possui a “área do cliente” que permite que seu cliente se auto-atenda e faça o acompanhamento do processo em qual ele é parte.

Isso sem contar que, todas as automações do sistema permitem que o advogado ou a advogada tenham mais tempo para atendimentos.

Além disso, com um software jurídico, como o Projuris ADV, o faturamento do escritório de advocacia pode ser controlado por meio da funcionalidade de controle financeiro. Com ela, o gestor ou a gestora podem acompanhar todas as entradas e saídas do escritório, bem como os honorários advocatícios.

Em resumo, uma ferramenta de gestão como essa pode trazer uma economia de até R$ 589,00 mensais, já que ela aumenta a produtividade, garante o atendimento de excelência e a segurança das informações.

Use as estrelas para avaliar

Média 0 / 5. 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Deixe um comentário