Como mudar seu software jurídico com segurança

29/01/2021
 / 
16/11/2022
 / 
10 minutos

Você utiliza planilhas para a gestão de todas as atividades do seu escritório de advocacia, e sente que está na hora de investir em uma tecnologia mais completa? Ou utiliza um software jurídico mas, acredita que é o momento de migrar para outro sistema que atenda melhor suas necessidades? Então esse post é para você!

Realizar a migração das informações do seu escritório no PROJURIS ADV é uma atividade fácil. Te conto com mais detalhes adiante, mas antes, preciso de contar por que o PROJURIS ADV é o melhor sistema jurídico do mercado.

O que o melhor software jurídico do mercado precisa ter?

Acho que não é segredo para ninguém que o melhor software jurídico do mercado precisa ter um bom desempenho, não é mesmo? Mas sabemos que existem outros fatores que indicam a qualidade de um sistema.

A segurança das informações no software é uma das principais preocupações que advogados e advogadas de todo o país têm ao contratar esse sistema.

Além disso, as funcionalidades que permitem a gestão do escritório de advocacia ou departamento jurídico, também são essenciais para a a escolha de um sistema.

É por conta disso que o PROJURIS ADV busca sempre estar de acordo com as necessidades de seus clientes e ouvir os feedbacks.

Assim sendo, vamos analisar as funcionalidades do PROJURIS ADV e te mostrar porque ele é o melhor software jurídico do mercado.

PROJURIS ADV: quais os benefícios do melhor programa para escritório de advocacia

Falando em segurança do sistema, o PROJURIS ADV possui armazenamento na nuvem e está hospedado na AWS – plataforma de computação em nuvem oferecida pela Amazon.

Assim, além de poder acessar seus dados de qualquer lugar, você não corre o risco de perdê-los. E quando falamos de qualquer lugar, é realmente isso que queremos dizer. Isso porque, independente de onde você estiver, se você estiver com um smartphone, é possível acessar o software jurídico.

Com o Aplicativo PROJURIS ADV – a versão do software jurídico para celulares – você consegue fazer todo o acompanhamento dos seus processos, além de realizar cadastro de novas pessoas e atendimentos. Ademais, você consegue ter acesso a sua agenda – tarefas e compromissos -, comentar os andamentos do processos e manter uma comunicação clara com os envolvidos.

Falando em processos, com o PROJURIS ADV você consegue fazer o acompanhamento dos seus processos mais facilmente, pois além de realizar a captura de processos nos tribunais, o sistema apresenta, no painel de controle, os andamentos mais recentes de todos os seus processos. Assim, você não perde nenhuma informação.

Não só para os colaboradores o sistema facilita a comunicação. O sistema também permite compartilhamento de informações via WhatsApp e e-mail para clientes (desktop) e por vários outros Aplicativos, incluindo WhatsApp (mobile). Além disso, a área do cliente do PROJURIS ADV, permite que, ao cadastrar um usuário para o seu cliente, ele se “auto atenda” e acompanhe o andamento dos processos.

Ademais, o sistema também contribui com a otimização da produção de peças processuais com o propositor de documentos do PROJURIS ADV, otimização de tempo com a Inteligência artificial e melhora da organização e produtividade da equipe, com as funcionalidades de tarefas e compromissos.

Migração de dados para software jurídico

Sabendo as vantagens do melhor software jurídico do mercado, fica um pouco difícil manter uma gestão por planilhas ou em um software que não atende as demandas do seu escritório não é mesmo?

Abra sua conta no Projuris ADV

No PROJURIS ADV a migração de dados pode ser feita por meio de planilhas. E se necessário, com auxilio do nosso time. Você pode fazer a importação de outros sistemas ou de banco de dados interno.

Veja então como fazer a importação de dados noPROJURIS ADV de maneira ágil e fácil!

Migração de planilhas jurídicas para sistema jurídico para escritórios de advocacia

Em primeiro lugar, é importante que você saiba que apenas os dados de pessoas, processos, andamentos e tarefas podem ser migrados para o PROJURIS ADV.

O próprio escritório pode realizar a importação, sem necessidade de auxílio da equipe do PROJURIS ADV. No entanto, nossa equipe pode orientar sobre o preenchimento de dados da nossa planilha.

Como fazer essa importação?

Antes de mais nada, você faz uma triagem e valida as informações. Em seguida, escolhe o tipo de importação (importação por planilhas pelo usuário, importação por planilhas pelo suporte do PROJURIS ADV e importação por banco de dados).

Por planilhas pelo usuário: O próprio usuário realiza a importação dos dados.

Abra sua conta no Projuris ADV

Planilhas pelo suporte PROJURIS ADV: Nesse modelo, você conta com a ajuda da equipe do PROJURIS ADV.

Banco de dados: Por fim, o último modo de fazer a importação é por backup de banco de dados de outro sistema.

Conversão de banco de dados para planilhas

A conversão de banco de dados para planilhas, no entanto, é um sistema um pouco complexo. Isso porque, depende da importação dos dados em um banco de dados, análise do modelo de dados do sistema de origem, conversão dos dados para o modelo do PROJURIS ADV – software jurídico, e posterior importação. 

Esse processo é cobrado de acordo com o volume de dados e sistema de origem. No momento da negociação com a equipe comercial informe o seu sistema atual, volume e dados que deseja migrar. Após a análise informaremos se realizamos a migração dos dados ou não, valor do serviço ou a indicação de um parceiro para realizar esta migração.

Nossa equipe realiza a migração de dados de alguns Softwares concorrentes a partir do banco de dados. Para fazer esse procedimento, consulte nossa equipe.

Antes de fazer a migração, no entanto, é importante verificar o checklist para migração.

Checklist para migração

O primeiro ponto do checklist de importação é a ordem das importações, que é:

  1. Pessoas;
  2. Processos;
  3. Tarefas e andamentos
Importação de pessoas
  • Pessoa Física (PF) ou Pessoa Jurídica (PJ).
  • Nome da pessoa – em caso de já estar cadastra igualmente no software jurídico, o sistema não duplica, apenas ignora a informação dupla. O mesmo vale para nome diferente, mas CPF ou CNPJ iguais.
  • Categoria – Só são aceitas as já existentes no sistema. Para categorias diferentes, cadastrar manualmente em cadastros gerais.
  • Gênero – Masculino ou M e Feminino ou F.
  • Profissão – Só são aceitas as já existentes no sistema, se houver algo diferente é necessário cadastrar a profissão em cadastros gerais.
  • Número – Campo só aceita números se o endereço for S/N ou KM
  • Data de nascimento – Formato de DD/MM/AAAA
  • Estado Civil – só são aceitas Casado, Divorciado, Solteiro, União Estável e Viúvo. Devem estar escritos exatamente desta forma.
  • Estado – Tem que ser por extenso
  • Banco – Utilizar a mesma nomenclatura dos bancos cadastrados no PROJURIS ADV
Importação de processos
  • A importação de processos deve ser feita após a de pessoas.
  • Na importação de processos é necessário informar um grupo de trabalho.
  • Os campos com CPF/CNPJ jamais podem estar com uma numeração repetida.
  • A coluna “Estado” deve ser preenchida com valores abreviados
  • Pode-se informar apenas um grupo para importação.
  • A probabilidade de ganho de um processo (coluna U) deve ser informada exatamente como apresentada dentro do Software jurídico.
  • O sistema não duplica de uma pessoa, caso essa já possua cadastro no software jurídico.
  • Se a pessoa que fez a importação não indicar os responsáveis, ela ficará como responsável no sistema. Portanto, nesse momento tenha cuidado e atenção.
  • O sistema não distingue processos judiciais de extrajudiciais na importação de dados, para fazer a distinção, o campo “tipo de órgão julgador”, no entanto, tem caráter extrajudicial no PROJURIS ADV.
  • A coluna “Nome parte Cliente” deve ser preenchida com a mesma informação da coluna “Parte Ativa” ou “Parte Passiva”.
Andamentos
  • Na coluna “Origem (Processo/Atendimento)” devemos informar se o andamento deverá ser inserido em um processo ou atendimento.
  • A coluna “Ocultar na Área do Cliente” deve ser preenchida com valores “Sim” ou “Não”, caso você não deseje que o seu cliente veja determinado informações.
Tarefas
  • Na coluna “Identificador” podemos inserir o identificador interno do processo ou atendimento do PROJURIS ADV ou o número CNJ do processo.
  • Se acaso o tipo de tarefa não existir no sistema, a mesma será criada. Tomar cuidado, pois a contagem dos prazos é configurada como 0. As datas importadas vão vir de acordo com o backup, mas a contagem de prazos caso seja usada depois precisa ser ajustada em “Cadastros Gerais” > “Tipos de Tarefa”.

Como fazer a importação de pessoas no PROJURIS ADV

Ao abrir o software jurídico e visualizar o painel de controle do sistema, no canto superior direito, você visualiza uma ferramenta de engrenagem. Nela, você selecionará a opção “importação de dados”.

O sistema abrirá uma tela onde você irá fazer o download da “planilha de pessoas”. Em seguida, você abrirá a planilha no seu computador e irá preencher os campos com os dados do seu escritório.

Após isso, salve a planilha e volte a abrir o PROJURIS ADV na tela de importação. No campo “módulo”, selecione “pessoas”. Então, clique no campo “+” e procure pela planilha no seu computador e clique em importar.

Com isso, o documento irá aparecer na parte inferior da tela com o status “pendente”. Concluída a importação, você será notificado (a) que a importação finalizou.

Na tela de importações, encontre o processo que deseja e clique para visualizar. Assim, você confere se está tudo correto.

Nessa tela, confira os campos destacados abaixo. Se todas as linhas estiverem como “importadas com sucesso”, o procedimento deu certo. No entanto, se aparecer a opção “importado com erro”, vá até a aba “importados com erro”, clique na seta para verificar os erros. Retire a planilha do sistema e tente refazer.

Se acaso não funcionar, contate nosso time de suporte.

Como fazer importação de processos judiciais no PROJURIS ADV – Software jurídico

Para saber como importar processos no PROJURIS ADV, veja o vídeo abaixo.

Como fazer importação de processos por número CNJ

A importação automática por número CNJ, você precisará da planilha com todos os números que deseja. Ao importar essa planilha para o PROJURIS ADV, o sistema passará a buscar os processos nos tribunais.

Por esse motivo, os processos importados através da planilha são incluídos na rotina de monitoramento de processos e passam ser tarifados como uma captura de andamentos.

Para fazer essa importação, você deve portanto, acessar a Central de captura processual e clicar em Nova Captura. O Sistema, exibirá um formulário.

Para fazer essa importação, você deve portanto, acessar a Central de captura processual e clicar em Nova Captura. O Sistema, exibirá um formulário.

captura em software jurídico

Nessa tela, você irá clicar na opção “enviar planilha”. A planilha deve ter formato onde a primeira coluna corresponde a numeração CNJ e a segunda coluna corresponde a instância do processo(1 ou 2). Se acaso a instância não for informada, será considerada a primeira instância.

Por fim, após enviar a planilha em alguns minutos o sistema realiza a captura do processos e realiza o cadastro automático em sua base de processos.

Quer saber mais novidades sobre software jurídico? Faça abaixo seu cadastro no PROJURIS ADV e receba nossos materiais em seu e-mail.

Use as estrelas para avaliar

Média 0 / 5. 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Deixe um comentário