Case software jurídico - ProJuris e Holanda Perícias

Na prática – como o ProJuris trouxe mais organização ao escritório Holanda Perícias

O ProJuris para Escritórios é um software jurídico para escritórios de advocacia e advogados autônomos. Foi o primeiro software jurídico 100% online no Brasil, e hoje atende um número superior a 12 mil advogados no país.

Entre estes profissionais, está a Drª Stephanie Holanda, do escritório Holanda Perícias. Advogada, especializada em Direito do Trabalho, fundou o escritório em sociedade com Dr. Rafael Holanda, seu irmão, perito médico legista e perito médico da Justiça do Trabalho.

O escritório presta assessoria especializada em assistência técnica em perícias judiciais. Assim, além de atuar na perícia judicial, o assistente técnico e toda sua equipe participam ativamente de todo processo judicial, a fim de possibilitar uma defesa estratégica e especializada para o cliente no que diz respeito às mais diversas áreas que podem envolver uma ação judicial, facilitando e potencializando o trabalho do advogado responsável pelo caso.

Contando com uma vasta equipe de peritos das mais diversas áreas (medicina, engenharia, topografia, etc) com atuação em todo país, a Drª Stephanie Holanda conta nesta entrevista como o ProJuris para Escritórios trouxe mais praticidade e eficiência para o dia a dia do Holanda Perícias.

Confira o case do software jurídico:

Como um software jurídico pode auxiliar no dia a dia de um escritório de perícias?

Ainda que não sejamos exatamente um escritório de advocacia, também trabalhamos com processos judiciais, lidando com prazos (apresentação de quesitos, comparecimento em perícia, manifestação ao laudo pericial, etc). Por isso, precisamos de toda a organização e praticidade que um software jurídico oferece.

Quantas pessoas utilizam o ProJuris no Holanda Perícias? Poderia falar um pouco sobre o processo de adaptação ao sistema?

Até o momento, apenas os sócios utilizam. Apesar de nunca ter lidado com esse tipo de sistema, justamente por não ser advogado, meu sócio teve uma fácil adaptação e conseguiu lidar facilmente com a plataforma, sim. 

Qual era a maior dificuldade na sua rotina antes do ProJuris, e como você enxerga o impacto do ProJuris neste fator?

Sem dúvida, o acompanhamento financeiro proporcionado pelo sistema foi fundamental para a organização dos honorários. Além disso,o controle de prazos do sistema substituiu perfeitamente a antiquada agenda de papel.

Com o controle financeiro do ProJuris, consigo acompanhar os pagamentos feitos e ainda em aberto com facilidade, o que acelera a cobrança e, consequentemente, o pagamento dos clientes. 

O Módulo Financeiro do ProJuris me foi um diferencial, com certeza.

Leia também: Como um software jurídico impede a perda de prazos processuais?

É possível afirmar que o ProJuris trouxe melhorias na comunicação entre o escritório e seus clientes?

De certa forma, sim. Tendo melhor acompanhamento dos processos, consigo controlar aqueles que têm situações pendentes ou até mesmo que estão paralisados. Ao perceber essas questões que, talvez sem o software passariam desapercebidas, consigo me comunicar com os clientes mais ativamente.

O que você diria a um escritório avesso à tecnologia para incentivá-lo a tornar sua rotina mais eficiente com um software jurídico?

Na realidade de um escritório, que lida com os mais diversos prazos diariamente, uma equipe não pode abrir mão de todo o tempo que é “desperdiçado” simplesmente por questões de organização. Assim, ao facilitar o controle processual, o escritório/empresa consegue dispor do seu tempo de trabalho com mais eficiência, potencializando seu trabalho.

Experimente o ProJuris gratuitamente

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *