Gestão de reclamações: seu software jurídico corporativo integrado com o PROCON

Para o consumidor, reclamar de um serviço ou produto ao PROCON nunca foi tão fácil. Em 2014, o Governo disponibilizou o site www.consumidor.gov.br para que as pessoas possam fazer a reclamação formal ao PROCON também pelo meio digital. É uma espécie de Reclame Aqui, com a diferença de que é monitorado, além das empresas participantes e da sociedade, por órgãos institucionais como Procons, Defensorias e Ministérios Públicos.

Pelo lado das grandes empresas, e cada vez mais pelas pequenas e médias também, há uma preocupação com transparência e atendimento ao público. Por isso, atender reclamações feitas pela via legal (via Procon) é uma prioridade para quem preza pela sua reputação. Além, claro, de muitas delas contribuírem para que sejam identificadas melhorias nas ofertas.

Pensando nisso, principalmente no universo de organizações que lidam com o grande público consumidor e que possuem atuação nacional, o ProJuris ENTERPRISE, software voltado para departamentos jurídicos, criou o Módulo Procon. Se o seu objetivo fosse arquivar as demandas oriundas do PROCON já seria um grande avanço no sentido de controle de informações e organização. Mas fomos além!

O ProJuris ENTERPRISE oferece o Módulo Procon integrado a todo o seu sistema, seguindo a filosofia de centralizar toda a atuação do jurídico corporativo dentro de um único sistema. Ou seja, se o seu departamento jurídico já faz os cálculos de provisionamento e a gestão de contratos dentro do ProJuris, não é necessário sair dele para cuidar das reclamações. Além disso, os módulos conversam. O sistema permite gerar atividades e controlar datas a partir dos conteúdos recebidos no Módulo Procon.

Isso tudo é possível porque a integração feita entre o software jurídico ProJuris e o canal de distribuição das reclamações do Procon é completa e inteligente. Confira os dados que são apresentados dentro do seu sistema, à disposição do seu departamento jurídico:

  • Consumidor, nome e CPF;
  • Data do aviso;
  • Identificação do Procon;
  • Cidade e UF;
  • Tipo (reclamação eletrônica ou impressa);
  • Empresa e CNPJ reclamado;
  • Número da reclamação;
  • Documentos digitais e CIPs.

Este módulo ajudaria o seu departamento jurídico? Então agende uma demonstração que teremos o prazer de mostrá-lo a você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *