Manual completo: Linkedin para advogados

ProJuris Curiosidades, Dia a Dia, Dicas, Empreendedorismo 0 Comments

Há muito tempo as redes sociais deixaram de ser utilizadas como entretenimento pessoal e passaram a integrar a rotina de muitas empresas e profissionais. Isso aconteceu devido ao grande potencial de compartilhamento de conteúdo destes espaços, que no mundo dos negócios passou a ser traduzido como: networking e alcance de público qualificado. Observando este comportamento, Jeff Weiner lança, em 2003, o Linkedin, a “rede social profissional“, que atualmente é a 2ª rede social mais ativa do Brasil, com 22 milhões de usuários ativos, número que representa a população inteira da Austrália.

 

grafico_profissionais

 

E você? Já experimentou o Linkedin? Sabe como ele pode ser usado a seu favor?

 

Conquistando o Networking ideal

Conectar-se a um usuário no Linkedin é diferente de se conectar a alguém no Facebook. Os objetivos são diferentes. Se no Facebook a ideia é encontrar amigos, no Linkedin os conteúdos objetivam o aperfeiçoamento profissional dos usuários. Documentos como planilhas estratégicas, conteúdos com dicas para melhorar processos e frases inspiradoras de liderança dominam a rede.

Por exemplo: acabei de abrir meu Linkedin e a primeira atualização que recebi na timeline foi de uma imagem com esta frase do Bill Gates: “Ao olhar para o próximo século, os líderes serão aqueles que capacitam os outros.

Além de ser um ótimo lugar para aperfeiçoar sua carreira, o site também oferece a oportunidade de construir uma boa rede de contatos. Afinal, quanto mais otimizar estas relações, mais assertivo e aderente aos seus interesses os conteúdos que você receberá serão. Já pensou criar uma timeline com atualizações interessantes e que sejam todas úteis à sua carreira? Para isto, é importante estabelecer alguns critérios para criar o networking ideal. Aqui vão algumas recomendações de tipos de profissionais interessantes para você se conectar no LinkedIn:

  • Que são referências no mercado em que você atua;
  • Que são referências em assuntos que você tem interesse (tecnologia, empreendedorismo, inovação etc);
  • Que fazem parte de empresas que você admira;
  • Que são ativos em grupos de discussão e, consequentemente, compartilham informações e conteúdos pertinentes.

 

Construindo um perfil campeão

Algo que vai chamar atenção e ser decisivo para que outros usuários se conectem a você é o seu perfil. As informações da sua conta dizem muito a seu respeito, desde a formação acadêmica à sua experiência profissional na empresa atual e nas anteriores. Por isso, uma boa construção e preenchimento das informações do seu perfil é muito importante.

O próprio Linkedin classifica o perfil de seus usuários, mostrando ao lado direito da tela inicial da conta qual a “força do perfil”, sendo as melhores classificações, em ordem crescente: iniciante; intermediário; avançado; especialista e campeão. Campeão! Esta é a classificação mais alta que a rede social concede a alguém. E para tornar os seu perfil campeão não é difícil, basta seguir alguns critérios básicos:

  • Ter uma foto;
  • Ter um cargo/ posição atual;
  • Informar o seu Setor e o seu CEP;
  • Preencher pelo menos 2 posições de trabalho anteriores à atual, com as suas devidas descrições;
  • Preencher sua Formação Acadêmica;
  • Adicionar pelo menos 5 competências;
  • Preencher a seção Resumo;
  • Ter pelo menos 50 conexões.

Na seção Resumo, uma recomendação especial é, além de fornecer as informações com “o que” faz, também escrever o “porquê” você faz, em como você acredita no seu potencial e quais são suas principais qualidades e diferenciais. Perceba a diferença na abordagem:

Resumo 1: Advogado Pleno, experiência em empresas de grande porte.

Resumo 2: Sou advogado pleno, com atuação em ambiente jurídico de empresas de grande porte; atividade voltada ao Direito Civil, Direito Processual Civil e Direito Público. Confio no valor de cada nova experiência profissional e cada novo desafio. Afinal, são elas [as experiências] que me instigam a continuar sempre em busca do que é novo, mais inovador, objetivando sempre o respeito às pessoas e a eficiência nos resultados.

Qual destes dois profissionais você queria que trabalhasse com você?

LEIA TAMBÉM  As perguntas de entrevista para realmente conhecer um candidato

 

Company Page

Atualmente, 3 milhões de empresas têm páginas oficiais no LinkedIn. Este dado não apenas confirma o primeiro parágrafo do texto, onde diz que a ferramenta passou “a integrar a rotina de muitas empresas e profissionais”, mas também revela que as companhias têm levado a sério este novo universo. Isso porque o campo é muito fértil devido à sua postura. Principalmente para empresas com um tipo de serviço mais corporativo, B2B e escritórios de advocacia.

“3 em 4 usuários consideram o LinkedIn uma fonte confiável de informações de indústria e de empresas”

 

Uma Company page é, portanto, a página oficial da empresa, onde usuários terão a oportunidade de conhecê-la, desde suas informações institucionais até os conteúdos que ela vai atualizar na timeline. E, ao contrário do Facebook, o contato entre usuário-empresa não acontece involuntariamente, através dos anúncios pagos, e sim de forma objetiva, pois buscar por empresas com interesses comerciais e a caráter de pesquisa é um comportamento comum dos cadastrados no Linkedin. Então, caso você esteja se perguntando: mas alguém se interessará pela página da minha empresa no Linkedin? A resposta é sim, caso você esteja sendo ativo na rede, apresentando os seus serviços e trazendo conteúdos relevantes às suas conexões.

 

Linkedin Influencer

Outra prova concreta da credibilidade do Linkedin é o Linkedin Influencer. A rede conseguiu reunir mais de 500 profissionais ao redor do mundo para escrever artigos e discussões de alto nível sobre diferentes áreas: Liderança, Management, Recursos Humanos, Empreendedorismo, Educação até dicas de como ser um profissional melhor no seu campo de atuação. Os convidados? Nomes de peso como Bill Gates, Ariana Huffigton (co-fundadora do site de notícias The Huffington Post), Richard Branson (fundador do grupo Virgin), e Meg Whitman (CEO da HP) e até Barack Obama, presidente dos EUA. O programa faz parte do canal Pulse, um canal de conteúdo. Hospedado dentro do próprio LinkedIn, o Pulse funciona como se fosse uma revista, sendo atualizado diariamente com conteúdos riquíssimos criados pelos usuários e “Influencers”, raríssimos de se encontrar em outros blogs e revistas de negócio.


top 10

Top 10 palavras mais usadas no Linkedin. Fonte: Consumidor Moderno

 

A grande notícia é que agora o Linkedin Influencers também está no Brasil. Desde o início de agosto deste ano, a plataforma migrou para o português, com artigos inéditos de profissionais brasileiros. O país foi escolhido por ser o terceiro mercado em números de usuários, atrás apenas de Estados Unidos e Índia. Por ainda estar em período de teste, o Linkedin escolheu apenas 12 influenciadores para começarem a publicar seus artigos, com nomes como Romero Rodrigues, fundador da Buscapé Company; Luiza Helena Trajano, CEO Magazine Luiza e Nizan Guanaes, sócio e co-fundador do Grupo ABC de Comunicação.

 

Plataforma de publicação

Os profissionais que compõe o time Linkedin Influenceres, tanto no Brasil quanto no mundo, são escolhidos a dedo pelos editores do LinkedIn. Mas você também pode compartilhar conteúdo no canal Pulse, sabia? Basta você compartilhar seus artigos e textos na Plataforma de publicação, outra novidade divulgada a partir de agosto aqui no Brasil. Poucos usuários tinham acesso à plataforma até pouco tempo atrás. Mas agora ela se tornou pública. Ou seja: você também pode escrever lá e compartilhar com todos os usuários da sua rede. Basta encontrar, na sua página principal, embaixo do seu perfil, a opção “Publicar Item” e começar a disseminar conhecimento.

 

Viu quanta coisa importante o Linkedin oferece? A oportunidade de criar conteúdos relevantes a seus seguidores, a chance de você construir um bom networking e o espaço ideal para você fortalecer o nome da sua empresa e do seu escritório. Tudo isso da forma mais qualificada e social possível.

 

email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *