3 motivos para usar boleto bancário ao cobrar clientes na advocacia

03/03/2021
 / 
08/11/2022
 / 
5 minutos

Certa vez, me peguei refletindo sobre as formas de cobrar clientes na advocacia. Eu era advogada associada de um escritório de advocacia, e era comum que os clientes fossem ao escritório mensalmente fazer pagamentos em dinheiro – ou não irem, nesse caso. O controle das datas de vencimento eram feitas na agenda. E após alguns dias de inadimplemento, era necessário ligar e lembrar o cliente, com aquela desculpa de informar sobre o andamento do processo.

Quando o cliente pagava em dia – ou até adiantado – havia outro problema. Eu teria que ficar com uma quantidade significativa de dinheiro junto comigo no escritório até que o advogado sócio fosse ao estabelecimento. E se você atua no meio, sabe que é uma situação rara para quem é responsável pelo front office.

Além disso, sempre me preocupei em relação a ser a responsável pelo dinheiro. E se ele some? E se o cliente diz que veio pagar mas na verdade não veio? Mesmo com o recibo, seria uma situação no mínimo constrangedora. 

Naquela época ainda havia certa discussão sobre a possibilidade ou não de advogados usarem boleto bancário como forma de cobrança pelos serviços advocatícios. Outra questão era o valor cobrado pela emissão e compensação dos boletos. Afinal, era um custo muito alto para um escritório ainda com baixo faturamento. 

Hoje, contudo, já ultrapassamos a questão da possibilidade ou não de emissão por escritórios de advocacia. Em relação aos valores cobrados, com o advento dos bancos digitais, o valor se tornou muito baixo.

Mas será que vale a pena usar boletos para cobrar nossos clientes? O que eles vão pensar?

Navegue pelo conteúdo

Se você ainda está na dúvida, eu vou te dar 3 motivos para começar a usar boleto bancário agora mesmo:

1. Mais segurança para os clientes

O primeiro benefício ao utilizar boletos para cobrar clientes é segurança e seriedade para você e seu cliente.

Que a relação entre advogado e cliente é de confiança nós sabemos, mas, infelizmente, precisamos tomar alguns cuidados para manter a segurança de nossas transações em dinheiro, e isso vale tanto para o escritório quanto para o cliente.

Sabe aquela velha história do advogado que não repassou o valor ao cliente ou do cliente que recebeu o valor e não voltou mais para pagar o advogado? É triste e desmotivador, por vezes, ver como esses casos isolados mancham a visão sobre a nossa profissão como um todo.

Por isso, o boleto bancário pode ajudar, mostrando que você é um profissional sério e que existem formalidades no seu processo, inclusive de cobrança.

Isso passa uma sensação de segurança para o cliente, pois ele sabe que você tem preocupação com os detalhes e com a integridade na relação de vocês. E aquele problema operacional de depender de alguém do escritório para receber o valor e ficar com ele parado no escritório até que você vá até lá receber nem vai existir mais. A segurança envolve você, seu cliente e sua equipe. 

2. Receita recorrente mensal

Além de ser um meio seguro de cobrar clientes, os boletos possuem outra vantagem na gestão financeira do escritório: a criação de uma receita recorrente mensal.

baixe uma planilha de timesheet e faça o controle a carga horária da sua equipe

Se você trabalha só com honorários de êxito deve pensar como seria bom ter um valor mensal certo para pagar as despesas, pelo menos, não é?

Isto é o que chamamos de receita recorrente mensal, ou seja, aquele valor certo que entra todos os meses na sua conta e te garante o pagamento das despesas do escritório.

Com a cobrança via boleto bancário você vai ter, assim, a certeza daquele pagamento, sem ficar dependendo do cliente te procurar para pagar ou ainda ficar esperando ele te pagar para pagar uma outra conta sua.

Seja na cobrança de honorários mensais, contratuais parcelados, até na cobrança de honorários de partida, desse modo, o boleto é um forte aliado para gerar receita e garantir que todas as contas vão ser pagas na data certa. 

3. Redução da inadimplência

Por fim, tem um terceiro benefício tão importante quanto os demais dentro de um escritório: a redução da inadimplência.

Se a inadimplência é um problema aí no seu escritório, o boleto é capaz de reduzir esses impactos. O boleto é um compromisso entre você e seu cliente. Ele vai se sentir obrigado e comprometido a realizar o pagamento na data acordada por vocês.

baixe um kit de modelos de peticoes para usar na sua rotina juridica

Pensemos, então, nós como clientes. Um boleto tem muito mais peso na consciência do que a simples lembrança de que todo dia 10 eu tenho que pagar um valor para o meu advogado, mesmo com a assinatura do contrato de honorários.

Nesse caso, além do compromisso ser maior, portanto, temos a segurança de que em caso de inadimplência a própria administradora do boleto realiza o “lembrete” de que não houve o pagamento e realiza a cobrança para você, sem a necessidade de ter qualquer tipo de percalço entre você e o cliente por questões financeiras.

Da mesma forma que o cliente vai se sentir muito mais obrigado a pagar o boleto corretamente e cumprir com a parte dele no combinado, você tem a segurança de que caso algo ocorra, a cobrança vai ser feita de forma legal e respeitosa, sem que você precise se envolver diretamente nela.

4. Como utilizar boletos para cobrar clientes na advocacia?

Só esses 3 motivos já ajudam a entender por que você está perdendo tempo sem usar essa ferramenta poderosa no seu escritório. Mas, vamos um pouco além ao imaginar a organização financeira que isso vai trazer para você ao ter suas receitas organizadas todo o mês? 

São, enfim, muitas as opções de mercado para a emissão de boletos. A melhor delas, no entanto, sempre será vinculada ao seu sistema de gestão. Assim você aproveita as informações do seu cliente para emitir os boletos e gerenciá-los junto a todas as receitas e despesas do escritório, sem se preocupar com cobranças. 

Um problema a menos, por fim, para você se preocupar mais em como fazer mais dinheiro e menos em como cobrar. 

Experimente o PROJURIS ADV

Use as estrelas para avaliar

Média 0 / 5. 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Deixe um comentário