Marketing Jurídico: como escolher a melhor agência

19/10/2020
 / 
05/04/2024
 / 
6 minutos

Uma das tendências na advocacia é a adesão dos escritórios e dos advogados autônomos ao marketing digital. Afinal, o marketing jurídico, mesmo com as restrições do Código de Ética da OAB, é uma nova forma de atrair clientes e possíveis interessados aos seus serviços.

É neste momento que os profissionais passam a pesquisar alternativas utilizadas por escritórios já adaptados ao digital e que estão bem posicionados.

A partir daí, surge o desejo e a necessidade de se adaptar o quão logo possível a esta realidade. Assim, gestores e sócios dos escritórios passam a buscar por agências especializadas em marketing jurídico, para que coloquem em prática um projeto de crescimento do escritório.

Pensando nisso, elaboramos algumas dicas para profissionais que buscam por uma agência especializada em Marketing Jurídico Digital que atenda às suas expectativas e necessidades. Confira!

Encontre uma agência que entenda sua forma de comunicação

Existem diversas agências de comunicação com profissionais muito bem qualificados e criativos. No entanto, algumas dessas agências atendem a um perfil de cliente que permite uma inventividade maior na comunicação, utilizando até humor em suas estratégias.

Contudo, esse tipo de comunicação nem sempre é eficiente na advocacia. Este tipo de perfil de comunicação é eficiente e mesmo simpático para muitas marcas, mas não serve para um advogado. Isto porque, no meio jurídico, além das exigências descritas no Código de Ética da OAB, existe a expectativa que a atuação na advocacia gera nos clientes.

A pessoa que irá confiar o seu problema a um advogado, espera que este seja alguém sério e capacitado, que transmitirá segurança enquanto estiverem juntos na demanda. Portanto, sua comunicação deve considerar estes valores.

Isto não significa que humor não possa existir, mas que deve haver um cuidado especial com a confiabilidade que você transmite.

Por estes motivos, é necessário encontrar uma agência que tenha experiência em marketing jurídico ou semelhantes. Ou seja, que tenham como objetivo transmitir uma imagem atrativa, porém, com maior seriedade.

Alinhe expectativas com a agência de marketing jurídico

Muitos clientes prezam por uma comunicação direta com os profissionais que vão tocar o seu trabalho de marketing digital. Seja pela comunicação à distância ou por querer acompanhar profundamente o projeto.

Fato é que, muitos contratantes querem estar constantemente conversando com a agência de marketing, mas nem todas têm o perfil de ter um contato próximo com os clientes.

Então é importante combinar bem com a agência como será o relacionamento entre as partes, pontos de contato para acompanhar o projeto e os prazos.

Agências maiores possuem um profissional de atendimento ao cliente, isto é, um profissional dedicado ao relacionamento entre os clientes e a agência de marketing digital. Não é ele quem irá executar as ações de marketing digital, mas fará o intermédio entre os profissionais da agência que executam e o cliente.

Já em agências menores, existe a possibilidade de um contato mais próximo entre quem executa o projeto e o cliente. Principalmente em agências que possuem menos clientes, mas que tem como premissa a proximidade com o cliente. Assim, essas agências prestam um serviço com maior valor agregado, nesse sentido.

baixe a planilha de honorários e saiba quanto cobrar em todos os estados do Brasil

Contratar uma agência maior, com renome e prestígio no mercado tem suas vantagens. Principalmente no que diz respeito à experiência. É fato que um novo cliente terá o mesmo suporte que os clientes que estão há mais tempo na agência já consolidados. No entanto, o ruído de comunicação pode ser maior, por envolver mais pessoas em torno de um mesmo projeto. Esse fator pode resultar, em uma perda de agilidade na execução dos projetos.

Defina qual é o seu objetivo com o Marketing Jurídico Digital

Muitos advogados iniciantes e escritórios que buscam iniciar um projeto de marketing digital têm como meta a aquisição de novos clientes, ou seja, uma prospecção por meio de seu site e campanhas no Google

Se este é seu objetivo, então é preciso buscar uma agência especializada em clientes iniciantes no marketing digital e que desejam crescer no curto prazo.

Em outra via, há escritórios de advocacia maiores, ou mesmo advogados autônomos que querem ter presença qualificada na internet. No entanto, preferem manter a discrição, aderindo ao Marketing Jurídico Digital como forma de alinhar sua comunicação institucional também no universo digital.

Já nessa situação, seria interessante buscar por uma agência que tenha como foco o Branding, ou seja, o reconhecimento de marca. Seja para fortalecer sua imagem perante os visitantes do site e redes sociais, dos clientes, e até os próprios funcionários do escritório, ou seja, a comunicação interna do escritório.

Com a definição do objetivo, fica mais fácil para o cliente cobrar da agência a execução do serviço e garantir a satisfação. Afinal, dentro de sua especialidade, a agência poderá tocar o trabalho com maior experiência.

baixe uma planilha para controle de fluxo de caixa e acompanhe as financas do seu escritorio de advocacia

Separe um orçamento adequado

As maiores causas de insatisfação dos clientes com as agências de comunicação se dá referente ao retorno sobre o investimento. Ou seja, é investido, logo de início, uma grande quantia em todas as ferramentas do marketing digital e o cliente não consegue obter o lucro esperado pelas vias virtuais nos primeiros meses investidos.

Por isso, é melhor investir aos poucos, iniciar com algumas poucas ferramentas e, conforme o investimento se torne sustentável, ir avançando para outras plataformas de marketing digital.

O Marketing Digital costuma dar resultados pelo menos após os primeiros três meses de investimento, é um trabalho mais voltado para o médio e longo prazo. Mesmo campanhas no Google Ads costumam levar os primeiros meses até serem reguladas para um resultado consistente.

As próprias organizações das empresas precisam se adaptar ao Marketing Digital, ao atendimento dos leads –oportunidades de negócio, portanto, é algo que dependerá também da dinâmica interna da contratante.

Visto isto, o mais seguro é sempre investir de forma gradativa, planejando o projeto de Marketing jurídico Digital para um semestre ou ano inteiro, inclusive o orçamento que será destinado para esta via. Pretensões imediatistas e exageradas, bem como promessas vazias das agências de crescimento rápido, podem frustrar um projeto muito promissor que, com maior paciência e investimento seguro, seria mais satisfatório.

Busque conhecimento sobre o assunto

Um ponto importante para saber como contratar uma agência de marketing digital é saber pelo menos um pouco sobre o assunto. Assim, você consegue identificar se a agência não está prometendo algo que não se pode cumprir.

Para isso, além de pesquisar muito sobre a agência, pesquise sobre marketing. Busque sites de referência no assunto, assista palestras e escute podcasts para advogados.

Além de ser positivo para sua empresa, será positivo para você, afinal, atualização constantes sobre as mudanças sociais é parte importante da vida de qualquer profissional.

Ademais, pesquise sobre marketing jurídico, assim, além de entender as tendências de comportamento, você conseguira entender o que seu mercado está fazendo e inclusive poderá alinhar melhor sua expectativa com a agência.

Também convido aos advogados e advogadas a conhecerem o primeiro Livro sobre Marketing Jurídico Digital, que trata dos fundamentos e estratégias pertinentes para advogados em todo o país, neste link.

Na publicação marketing jurídico digital: conceito e prática existem conceitos técnicos e acadêmicos sobre marketing que são aplicáveis na rotina dos escritórios. Bem como dicas práticas que serão úteis tanto para advogados experientes no universo digital quanto aos iniciantes

Use as estrelas para avaliar

Média 0 / 5. 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Deixe um comentário