Como captar clientes na advocacia: 5 dicas para quem busca o sucesso

28/09/2021
 / 
27/10/2023
 / 
8 minutos

Conseguir captar clientes na advocacia é um dos primeiros desafios de qualquer advogado iniciante. Afinal, quando você ainda não tem experiência pode ser um pouco difícil conseguir suas primeiras oportunidades profissionais. E se o advogado também não tem contatos que possam ajudá-lo a crescer na carreira, a situação fica ainda mais complicada.

Mas com a grande concorrência do mercado, mesmo advogados mais experientes tem enfrentado dificuldades para fazer essa captação de novos clientes na advocacia.

Além disso, o profissional deve respeitar as restrições éticas impostas pela Ordem dos Advogados do Brasil – OAB, quanto a captação de clientes. Pois, o código de ética profissional impõe alguns impedimentos quanto ao comércio de serviços advocatícios.

Então, fica a dúvida: como fazer para captar clientes na advocacia com essa grande concorrência? É o que você aprenderá neste artigo! Vamos lá?

Como captar clientes na advocacia?

Se você está com dúvidas e não sabe por onde começar, as 6 dicas de como captar clientes na advocacia que separamos abaixo podem ser úteis. Conquistar clientes é o primeiro passo para atingir o sucesso do seu escritório jurídico. Vamos às dicas?

1 – Tenha um escritório digital

A internet trouxe muitas facilidades para quem busca informações. Portanto, ter um escritório online aumenta suas chances de captar clientes na advocacia, pois expande seu alcance como profissional.

Atualmente, é possível prestar diversos serviços jurídicos sem sair de casa, até mesmo trabalhar em Home Office. No entanto, nada impede que você invista também em um escritório físico.

E para incrementar ainda mais as suas chances de captar clientes, você deve construir uma imagem sólida e positiva para seu escritório online. Isso significa:

  • Manter o site do seu escritório atualizado;
  • Ter canais de contato disponíveis e atualizados;
  • Passar uma imagem profissional, com layout, imagens e palavras chaves bem definidas.

Para isso, é fundamental definir com clareza sua área de atuação, apresentar seu currículo destacando sua formação e ter catálogo digital claro dos serviços oferecidos.

Lembre-se que é cada vez mais comum as pessoas buscarem por serviços jurídicos online, então estar presente na internet é fundamental para qualquer escritório de advocacia.

2 – Crie um serviço de consultoria jurídica online

A consultoria é outra forma para captar clientes na advocacia. Para um advogado iniciante, por exemplo, pode ser mais simples orientar e esclarecer dúvidas das pessoas, antes de conseguir pegar um caso completo.

Portanto, você pode dispor de seu tempo e dos seus conhecimentos, e cobrar bem por ele através de um serviço de consultoria jurídica online.

É possível inserir esse serviço como uma modalidade de atendimento no seu escritório, mas você também pode criar um site só para isso.

Independente de qual seja a sua escolha, será necessário investir em um bom marketing de conteúdo.

baixe uma planilha de timesheet e controle a carga horária da sua equipe

3 – Tenha um blog jurídico

Um dos seus principais trunfos de um advogado é seu conhecimento. Então, manter um blog e escrever bons artigos é uma excelente vitrine para seu escritório digital, pois permite que você mostre seu domínio e autoridade sobre o assunto.

Essa estratégia de criar e compartilhar artigos informativos para atrair clientes é chamada marketing de conteúdo. E é uma das estratégias mais empregadas em empresas de diversos ramos, inclusive, em escritórios de advocacia já renomados.

Afinal, ela está em perfeita conformidade com a ética da profissão, e permite ao profissional demonstrar sua autoridade sobre o assunto e consequentemente, captar clientes na advocacia.

Portanto, crie e compartilhe conteúdo em um blog profissional, anexe seu blog ao seu site ou escritório digital, e invista também em compartilhamentos nas redes sociais.

Com isso, você cria uma rede de leitores e clientes em potencial e multiplica suas chances de fechar negócio.

Mas, não se esqueça que o seu cliente é leigo em direito, então, use uma linguagem acessível na hora de produzir conteúdo para seu público-alvo.

Abra sua conta no Projuris ADV

Outra dica importante é trabalhar o SEO do seu blog jurídico. Não compensa ter um blog jurídico, com conteúdo de qualidade e inédito, se o SEO do blog não for trabalhado.

Não trabalhar o SEO é desperdiçar o tráfego orgânico, por isso, tão importante quanto ter um blog jurídico é trabalhar o SEO dele.

4 – Invista em marketing jurídico para captar clientes na advocacia

Falamos até agora de duas estratégias online para captar clientes. Mas, você pode estar se perguntando: como divulgar seus serviços jurídicos sem violar o código de ética da profissão?

Bem, é aqui que entra o marketing jurídico, um conjunto de estratégias de marketing desenvolvidas em conformidade com as restrições do código de ética da OAB. Dessa forma, você divulga seus serviços sem medo de cometer uma violação.

Dessa forma, você pode:

  • Identificar as palavras-chave certas que melhoram o posicionamento do seu site e blog de conteúdo no Google;
  • Construir uma boa pilar page, para enquadrar seu site na primeira página do Google a médio e longo prazo;
  • Aplicar estratégias de “job to be done”, identificando as perguntas que seus clientes em potencial fazem na internet e transformando-as numa forma de captar clientes online;
  • Criar boas estratégias de storytelling, contando cases de sucesso;
  • Aprender a usar ferramentas de tração, como as redes sociais, para capitar clientes na advocacia.

Além de tudo isso, com um marketing jurídico você aplica um bom SEO técnico ao seu site, escritório digital ou blog. Isso significa deixar seu site com um carregamento rápido, com títulos bem organizados e até mesmo uma boa experiência mobile.

Lembre-se que o Google penaliza sites que contém erros. Portanto, o SEO técnico dentro de uma boa estratégia de marketing jurídico faz uma grande diferença para captar clientes na advocacia.

5 – Invista em networking

Como mencionei no início, não ter contatos para ajudá-lo a captar clientes na advocacia é um obstáculo a mais, especialmente, para quem está começando. É para suprir essa necessidade que serve o networking.

Se acaso você já te alguns contatos, aplicar o networking fará essa rede crescer ainda mais.

Isso porque, networking significa “trabalhar sua rede de contatos”, e é fundamental na advocacia. Isso porque, o velho e conhecido “boca a boca” ainda é uma das formas mais eficazes de conseguir clientes como advogado.

Portanto, o networking envolve ações como:

  • Participar de palestras, congressos e workshops na área;
  • Manter conversas frequentes com seus contatos;
  • Procurar maior proximidade com contatos-chave;
  • Fazer as perguntas certas, principalmente se o contato for uma pessoa muito ocupada;

Buscar estar sempre inserido no meio profissional, até em suas redes sociais, participando de grupos de discussão, e assim por diante.

Para ter contatos profissionais você deve ir aonde os profissionais da sua área de atuação estão, e ter boas estratégias de conversação. Isso é fazer networking.

Porém, é importante ser ponderado, então mande mensagens e seja comunicativo, mas não exagere enchendo as caixas de entradas de seus contatos todos os dias.

6. Cadastre seu escritório no Google Places

Pesquisa por advogados no Google

Você pode não saber, mas o Google (e outros mecanismos de busca) levam em consideração sua localização física e seu histórico de pesquisa para apresentar resultados mais relevantes para você. E como isso pode fazer você conquistar mais clientes?

A partir do momento que pessoas em sua região buscam, por exemplo, por “advogados”, o Google tende a posicionar nas primeiras posições resultados do Google maps e Google places, ou seja, resultados relevantes e que permitem que o usuário encontre mais rapidamente os advogados mais próximos de si.

Apesar de simples poucas pessoas fazem. A solução para você é cadastrar seu escritório no Google Places e aguardar para que seu endereço passe a ser ativado em sua região quando alguém buscar por “escritório de advocacia” no Google. Lembre-se de cadastrar corretamente suas informações, principalmente email e telefone.

Lembre-se de perguntar sempre “como” os novos clientes encontraram seu escritório, desta forma você conseguirá detectar a origem dos contatos e medir a efetividade destas ações de comunicação.

Leia também:

Perguntas frequentes sobre captação de clientes

Como captar clientes na advocacia?

Em geral, para captar clientes na advocacia atual, você precisa investir em marketing jurídico, fortalecendo sua presença e autoridade na internet e, sobretudo, nas redes sociais e no Google. Para além de aparecer e ofertar serviços nas plataformas digitais, você também pode se empenhar em ações de construção de networking presencial, o que aumentará seu círculo de influência e de potenciais clientes.

Como captar clientes na advocacia empresarial?

Se você busca captar clientes ligados a empresas e corporações, é importante se apresentar como referência na área e frequentar os espaços em que os tomadores de decisão dessas empresas estão presentes. Assim, além de investir em marketing jurídico com foco em consolidar sua reputação na advocacia empresarial, você pode frequentar congressos e outros eventos que reúnam o seu público alvo, de modo a se fazer conhecido nesses ambientes.

Dicas finais para captar clientes na advocacia

Para captar clientes na advocacia, além de tudo isso, é importante investir em uma prática jurídica moderna, com softwares que facilitem seu trabalho. E estar atento a sua concorrência, pois você pode aprender boas estratégias dessa maneira.

Por fim, lembre-se de que uma boa gestão no seu escritório, tanto digital, quanto físico, é fundamental para o seu crescimento profissional.

Para finalizar, uma dica bônus para quem leu até o fim, é muito importante trabalhar o SEO local para o escritório de advocacia, pois essa é uma das maneiras mais eficientes de captar clientes qualificados.

Use as estrelas para avaliar

Média 4.8 / 5. 8

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Deixe um comentário