planilhas software jurídico

Planilhas funcionam para advogados?

Há duas semanas, lançamos nossa primeira pesquisa de satisfação para usuários do ProJuris ONE. Com ela, teremos alguns indicadores para descobrir o quê exatamente melhorar no nosso sistema. São seis perguntas rápidas que podem ter um retorno muito grande na sua experiência de usabilidade. Sempre esteve no DNA da ProJuris e, principalmente do ProJuris para escritórios, crescer de forma colaborativa. Por isso, sua participação é muito importante.

Na pergunta número cinco, queríamos saber se nossos usuários utilizam alguma outra forma de controle de processos, andamentos e publicações. A resposta não surpreendeu, mesmo assim é curiosa: 40% deles utilizam planilhas de Excel. Algo que começou a ser usado há muito tempo, desde o princípio da digitalização dos escritórios e locais de trabalho. Em escritórios de advocacia, por exemplo, as planilhas são muito comuns. Elas são responsáveis por organizar nomes, telefones, e-mails e endereços de clientes, além de fazer o controle financeiro e de honorários dos profissionais.

Alguns modelos de planilhas são disponibilizados para download gratuito, mas quem conhece a ferramenta sabe que para dominá-la completamente é preciso ter conhecimento de fórmulas. Apesar de complexa e muito antiga, 40% dos usuários entrevistados as utilizam, e o número deve ser muito mais representativo se formos pensar de maneira global. Por que modernizamos tanto alguns métodos de trabalho mas continuamos conservadores em outros? Foi aí que surgiu a questão principal:

Podemos ir além das planilhas?

Resumindo: sim, podemos. Foram muito convenientes as respostas sobre a utilização do Excel para controlar informações de clientes aparecerem em um teste do ProJuris para escritórios, porque o sistema serve perfeitamente para advogados com este intuito. Online e gratuito, o software jurídico possui uma dinâmica inteligente de arquivar informações, abrindo uma pasta única para cada novo cliente cadastrado. Dentro dela, é possível fazer um dossiê completo dos seus processos: partes, endereço, compromissos e documentos atrelados, honorários e custas referentes ao serviço prestado. As informações dentro do sistema são facilmente editáveis e as pastas ainda oferecem uma linha do tempo da situação atual (e cronológica) de cada processo.

LEIA TAMBÉM  O que é jurimetria? Qual sua aplicação em escritórios de advocacia?

A melhor forma de ir além das planilhas é oferecer um contexto mais completo de trabalho para o advogado. No ProJuris, você pode contar com o serviço da Central de Monitoramento, responsável por buscar as citações dos seus processos nos Diários Oficiais e andamentos dos seus processos em tempo real. Além de buscá-los, o sistema os insere automaticamente, recortes e andamentos, dentro das respectivas pastas dos processos. Entenda como funciona a Central de Monitoramentos.

A escolha de um software jurídico para centralizar os dados do escritório pode aumentar a qualidade na comunicação entre advogados e clientes, pois é permitido enviar documentos por e-mail de dentro do sistema, além de ter a possibilidade de criar uma conta personalizada para seu cliente. Assim eles poderão visualizar todas as informações dos processo que estão envolvidos sem, claro, editar informações. É um luxo que planilha nenhuma pode conceder.

Em outras palavras, o sistema vai na contramão de uma planilha do Excel, que funciona apenas à base do trabalho manual, e poupa você de ter que ficar copiando e colando os dados, o que se multiplicarmos por vários processos, faria você ganhar muito tempo. A regra é clara: mudar é bom apenas quando é para melhor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *