Pessoas trabalhando com foco em ESG

ESG e a governança dos contratos além do ERP

A implementação da ESG e de seus critérios ambientais, sociais e de governança, na estrutura e na operação da empresa está ganhando destaque entre gestores e investidores.

Por um lado, vê-se um interesse maior dos consumidores e dos acionistas em empresas que se preocupam com práticas que visam à proteção ambiental, ao melhor relacionamento com todos os stakeholders e medidas que garantam o cumprimento da lei e das políticas internas em setores operacionais até a alta administração.

Por outro, nota-se uma preocupação dos diretores e gestores em implementar essas práticas e medidas de uma forma que garanta a sustentabilidade do negócio a longo prazo.

Para compreender melhor sobre o tema, abordaremos, neste artigo, o que é a ESG, qual sua ligação com a gestão de contratos e como ambos podem trabalhar juntos, além de um ERP, para melhorar o compliance da empresa. Confira!

O que é ESG?

ESG é a sigla utilizada para o termo “environmental, social and governance”, o qual pode ser traduzido como as práticas ambientais, sociais e de governança de uma empresa.

Além de ser avaliada para fins de conformidade e de regularidade da organização perante as leis de um país, a ESG também pode ser utilizada como um índice mensurável nos resultados da empresa, apresentando-o aos investidores e demais stakeholders.

Qual a importância da ESG?

Ao implementar a ESG na estrutura e operação de uma empresa, busca-se identificar melhorias nos três aspectos da sigla: ambiental, social e de governança.

Desta forma, tem-se que:

  • No aspecto ambiental, a empresa visa reduzir os impactos ao meio ambiente, evitando o desperdício e o esgotamento de recursos naturais, identificando o seu desempenho atual e implementando medidas para minimizar os riscos de cada atividade;
  • No aspecto social, são avaliados os relacionamentos da empresa com todos os indivíduos envolvidos com ela, desde funcionários até fornecedores e compradores. Seu objetivo é implementar práticas de diversidade, direitos humanos, do trabalhador e do consumidor, projetos sociais, cultura e valores;
  • No aspecto de governança, são analisadas questões de liderança da empresa e composição de conselhos, estrutura interna e dos comitês de auditoria, riscos e controle (compliance), processo de sucessão, existência de canal de denúncias, transparência e resultados fornecidos aos acionistas, bem como seus direitos e garantias.

Diante disso, as práticas de ESG se mostram importantes na medida em que demonstram a preocupação do negócio com o desenvolvimento sustentável, com seus relacionamentos e com a regularidade de todas as atividades e operações.

Assim sendo, a ESG vem se consolidando como um fator decisivo no planejamento estratégico das empresas, como forma de assegurar a sobrevivência do negócio no longo prazo e de causar impactos positivos em todos os aspectos da tríade (meio ambiente, relações sociais e governança).

Checklist de ESG

Utilize o Checklist para fazer um diagnóstico de ESG na sua empresa!

BAIXAR CHECKLIST AGORA

Como a ESG se relaciona com a governança de contratos?

Como se pôde perceber, a ESG busca manter a longevidade da empresa de modo sustentável, além de agir com transparência e oferecer as informações necessárias para os consumidores, colaboradores e, claro, para os investidores terem certeza da conformidade e sustentabilidade de sua operação.

Mas, para que isso aconteça, todos os setores da organização devem passar por uma readequação, um verdadeiro compliance, a fim de que executem suas atividades de acordo com as leis, com políticas internas e externas da empresa e todas as medidas criadas e implementadas para fins de proteção ambiental e melhoria das relações laborais e corporativas.

Dentro disso, encontra-se a gestão de contratos. Independentemente a qual departamento ela esteja subordinada, é primordial que todas as negociações da empresa sejam realizadas prevendo direitos e garantias das partes, formas de execução, privacidade de informações, e, claro, cláusulas que visem à aplicação e/ou manutenção da ESG na empresa e na sua relação com a outra parte.

Alguns exemplos de cláusulas que envolvem ESG são, por exemplo, garantias de redução de impactos ambientais; utilização de determinados materiais sustentáveis na produção ou aquisição pela empresa; possibilidade de reverter eventuais quebras contratuais a ações em prol do meio ambiente ou da sociedade; condutas e boas relações que se esperam das partes, entre outras.

Ao fazer isso, cada contrato passará por uma análise completa, envolvendo riscos, impactos ambientais, financeiros e sociais, o que fomentará o sistema de business intelligence da empresa e servirá de base para a tomada de decisões estratégicas.

Somente assim, garante-se a legalidade de cada negócio jurídico e, consequentemente, facilita-se o cumprimento das práticas de governança e compliance implementadas na empresa.

Continue seus estudos e leia mais sobre contratos empresariais e sobre o contrato de comodato!

Como ter controle da governança além dos ERPs?

Não é novidade que muitas empresas utilizam ERPs para realizar as atividades diárias de alguns de seus departamentos, orientado, comumente, para obrigações fiscais, contábeis e administrativas.

Entretanto, fala-se pouco sobre o uso de sistemas que contribuam para melhorar a governança – e, agora, a ESG – nas empresas.

Pensando em preencher essa lacuna, a Projuris conta com um software de gestão de contratos especialmente desenvolvido para manter controle de todos os aspectos legais contratuais da empresa e do cumprimento de políticas sócio-ambientais e de governança da empresa.

Ao optar por um sistema que se preocupa com a governança da sua empresa, você garante que as políticas contratuais de compras e vendas conversem com os objetivos e com todo o negócio da companhia. 

Além disso, todos os setores terão acesso às versões mais atualizadas do contrato, não correndo o risco de utilizar uma minuta desatualizada e que não contenha cláusulas de adequação da empresa à ESG.

E, para fazer isso, contamos com a integração de nosso software junto a diversos ERPs que existem no mercado. 

Com o sistema de gestão de contratos da Projuris, possibilitamos mais segurança, maior controle de políticas e códigos de conduta, mais facilidade na análise e compilação de dados negociais, corporativos e societários. Assim, complementamos, de forma assertiva e necessária, as funções realizadas por um ERP.

Desta forma, você não precisa abrir mão do seu ERP – você pode integrá-lo com nossa tecnologia legal, pensada justamente para facilitar todo o compliance, a governança e as medidas socioambientais da sua empresa.

Para saber mais como o software da Projuris pode contribuir para as melhores práticas de ESG e governança da sua empresa, entre em contato pelo link abaixo.

Experimente o Projuris EMPRESAS

Tecnologia para a gestão do compliance jurídico de demandas como contratos, atos societários, contencioso e diversos outros temas corporativos.

SOLICITE UMA DEMO

Conclusão

Diante do exposto, nota-se que a ESG é um conjunto de critérios extremamente valioso para o planejamento, os resultados e para a imagem de uma empresa no mercado.

Para conseguir alcançar essas boas práticas ambientais, sociais e de governança, é primordial contar com tecnologias que forneçam suporte, dados e controle necessários para sua execução e acompanhamento.

Por isso, ao pensar no compliance e na governança do seu negócio, vá além dos ERPs e pense na Projuris como sua aliada para alcançar resultados precisos e tomar decisões assertivas desde o operacional até o corporativo.

Sobre o autor: Tiago Fachini
– Mais de 600 artigos no Jurídico de Resultados
– Mais de 100 mil ouvidas no Podcast JurisCast
– Especialista em Marketing Jurídico
– Palestrante, professor e um apaixonado por um mundo jurídico cada vez mais inteligente e eficiente.

Siga Tiago Fachini nas redes sociais:
– Tiago Fachini no Instagram
– Tiago Fachini no Youtube
– Tiago Fachini no Linkedin
– Ouça o Podcast JurisCast no Spotify
– Ouça o Resumo Jurídico no Spotify

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *