Case software jurídico - ProJuris e Lancia & Artêncio

22 anos de ProJuris, gerenciamento processual impecável e melhor relacionamento com clientes

Confira entrevista realizada com o Dr. Antonio Artêncio Filho, sócio do Lancia e Artêncio Advogados Associados

O ProJuris para Escritórios é um software jurídico focado em tornar a rotina de escritórios de advocacia mais eficiente e produtiva por meio da tecnologia e automação de tarefas.

Desde sua fundação, o posicionamento da ProJuris é de protagonizar a evolução da tecnologia jurídica no Brasil. Foi assim que lançou o primeiro software jurídico online do país, bem como o primeiro chatbot baseado em inteligência artificial e integrado a um software jurídico.

Cliente de longa data, o Dr. Antonio Artêncio Filho, sócio do Lancia e Artêncio Advogados Associados, é testemunha destas evoluções.

Mentalidade inovadora

Dr. Antonio Artêncio Filho relembra o estágio ainda incipiente da tecnologia jurídica no país. Se hoje ainda é comum encontrar advogados conservadores em relação a implementação de tecnologia em escritórios de advocacia, 22 anos atrás essa mentalidade era ainda mais grave. “Era um momento em que não se havia uma ciência do inevitável progresso tecnológico pela maior parte do mercado”, recorda.

No entanto, após uma experiência atuando como advogado corporativo, encarregado da direção do departamento jurídico de uma construtora paulista, Dr. Antonio Artêncio passou a dedicar-se ao dia a dia do escritório, e percebeu a necessidade de automatizar parte de suas atividades, enxergando na inovação uma forma de potencializar seus resultados.

“Consciente da imprescindível necessidade de proporcionar maior comodidade, rapidez, profissionalismo e transparência aos meus clientes, procurei por um sistema que entregasse tudo isso”, afirma. “Foi aí que apareceu o ProJuris. Desde então, utilizo o software, que vem atendendo muito bem às necessidades operacionais do nosso escritório de advocacia”.

>> Leia também: Como o ProJuris impede a perda de prazos processuais?

Principais desafios

Para ele, havia duas grandes dificuldades na rotina do escritório, e que o ProJuris para Escritórios viria a auxiliar. A primeira delas estava relacionada ao gerenciamento de processos judiciais. “À época, tínhamos que elaborar planilhas e realizar tudo à mão e depois gravar em arquivos do computador da época”.

Além disso, fornecer aos clientes informações de seus próprios processos de forma profissional era também um grande desafio. “Até hoje, o ProJuris nos proporciona ferramentas que me economizam tempo e energia, permitindo uma coleta e apresentação das informações aos clientes de uma forma muito profissional”, conta o Dr. Antonio Artêncio.

Antes do ProJuris, as informações eram organizadas em planilhas e enviadas aos clientes, numa aparência sem muito profissionalismo. Ao adotar o software, encontrei a certeza de uma apresentação das informações mais profissional e bonita.

Desde seus primeiros anos na advocacia, Dr. Antonio Artêncio Filho testemunhou a evolução das planilhas aos sistemas de automação, do papel e do arquivo físico ao digital. Hoje, Dr. Antonio Artêncio Filho considera inviável atuar na advocacia sem o auxílio de uma ferramenta tecnológica. “Existe um escritório que funcione sem um software jurídico? Hoje é inviável a atuação profissional na advocacia sem um software de ponta que gerencie processos e demais situações da rotina de um escritório”.


Experimente o ProJuris gratuitamente por 7 dias

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *